Publicidade

Correio Braziliense

Polícia divulga foto de acusado de homicídio em festa na 904 Sul

Vítima teria entrado armada no evento, quando discutiu com um adolescente e um maior de idade. Eles tomaram o artefato e atiraram duas vezes


postado em 18/09/2018 00:03 / atualizado em 18/09/2018 00:04

Marcelo Lira, 25 anos, não resistiu aos ferimentos e morreu no local do crime(foto: Internet)
Marcelo Lira, 25 anos, não resistiu aos ferimentos e morreu no local do crime (foto: Internet)
A polícia identificou o autor dos disparos que atingiram e mataram Marcelo Costa Cunha Lira, 25 anos, durante uma festa de música eletrônica na Associação dos Empregados da CEB (Asceb), na 904 Sul, na madrugada de 28 de agosto. Peterson Sabino é acusado pelo crime e está foragido
 
À época, Marcelo havia ido ao evento e, no local, discutiu com Peterson e um comparsa, um adolescente. A vítima estava armada. Durante a briga, a dupla conseguiu tomar o artefato do homem, que foi atingido duas vezes, no abdômen. Após os disparos, os suspeitos fugiram do local e não foram encontrados.  
 
Marcelo tinha três passagens pela polícia, todas em situação de flagrante por porte ilegal de arma de fogo. Ele também era investigado por um homicídio praticado em 2014.  
 
O comparsa, um adolescente, se entregou três dias após o caso na Delegacia da Criança e do Adolescente (DCA), mas não auxiliou nas investigações. De acordo com o delegado João de Ataliba, adjunto da 1ª Delegacia de Polícia (Asa Sul), Peterson foi identificado por meio imagens de circuitos de segurança. Os agentes chegaram a encontrar o Facebook do suspeito, contudo, ele excluiu a página. 
 
Quem tiver alguma informação sobre o paradeiro de Peterson, pode denunciar anonimamente para a polícia, por meio do 197 ou na própria delegacia.
 
Peterson Sabino é acusado de matar Marcelo Costa Cunha Lira durante discussão em festa(foto: Divulgação/PCDF)
Peterson Sabino é acusado de matar Marcelo Costa Cunha Lira durante discussão em festa (foto: Divulgação/PCDF)
 

Os comentários não representam a opinião do jornal e são de responsabilidade do autor. As mensagens estão sujeitas a moderação prévia antes da publicação

Publicidade