Publicidade

Correio Braziliense

Rodoviários cancelam greve marcada para esta segunda-feira

Os trabalhadores conseguiram garantia da não terceirização da categoria e reajuste salarial de 4,55%


postado em 23/09/2018 11:07 / atualizado em 23/09/2018 12:37

(foto: Walder Galvão/Esp. CB/D.A Press)
(foto: Walder Galvão/Esp. CB/D.A Press)
 
Em assembleia, o Sindicato dos Rodoviários decidiu cancelar a greve marcada para esta segunda-feira (24/9). Representantes da categoria se reuniram esta manhã no Conic e votaram contra a paralisação. Os trabalhadores recusaram a medida, após apresentação de proposta das empresas de ônibus, que garantiram o reajuste salarial de 4,45% e a não terceirização do serviço. 

A proposta inicial do sindicato era de reajustar os salários dos trabalhadores para 7%, no entanto, as empresas não concordaram com o valor. Mais de 300 trabalhadores participaram da votação nesta manhã. 

Além da não terceirização e do reajuste, os trabalhadores também garantiram redução das taxas dos planos de saúde e odontológico e aumento de 5% no vale alimentação. A proposta também garante o fornecimento de cesta básica em até seis meses para empregados que precisarem ser afastados. 

Para quem tiver mais de cinco anos nas empresas, o reajuste será superior a 9%. Os trabalhadores também receberão o retroativo do salário de agosto e setembro, já que a medida entra em vigor a partir da remuneração de outubro. 

Para o presidente do sindicato, Jorge Farias, a proposta foi satisfatória, principalmente, pela garantia de não terceirização da categoria. “Estamos felizes com a proposta. Entre os rodoviários, esse foi o melhor acordo firmado no Brasil”, ressaltou.

Os comentários não representam a opinião do jornal e são de responsabilidade do autor. As mensagens estão sujeitas a moderação prévia antes da publicação

Publicidade