Publicidade

Correio Braziliense

Mais uma escola tem casos confirmados da gripe H1N1 no DF

A escola decidiu suspender as aulas depois de três casos confirmados e três suspeitas em crianças que têm entre 7 e 11 anos de idade


postado em 01/10/2018 15:21 / atualizado em 01/10/2018 16:30

(foto: Antonio Cunha/CB/D.A Press)
(foto: Antonio Cunha/CB/D.A Press)
 
O colégio Ideal, em Taguatinga, emitiu comunicado avisando sobre a suspensão de aulas de hoje (1º/10) até quarta-feira (3/10) devido à confirmação de três casos de Influenza A (H1N1) e mais três suspeitas. Apenas as aulas das unidades de educação infantil e de ensino fundamental até o 5º ano foram canceladas, já que não houve identificação da doença nas demais.
 
A iniciativa partiu da equipe de direção do colégio, e, segundo a assessoria de comunicação, foi aprovada pelos pais dos alunos. Em nota, a instituição informou que as aulas serão repostas posteriormente para que não haja prejuízo aos estudantes. “Desde o início do ano, o colégio tem tomado as medidas necessárias de prevenção ao H1N1, incluindo uma parceria com um laboratório para vacinação dos estudantes, realizada em maio”, diz o texto.
 
Ao todo, entre 500 e 600 alunos de 4 a 11 anos frequentam o espaço. O colégio não disse de quais turmas são as crianças doentes, mas afirmou que eles têm entre 7 e 11 anos. A direção comunicou a secretaria de saúde ainda hoje.
 
Esta é a segunda escola do Distrito Federal a suspender aulas por conta da mesma doença. Nesta semana, os alunos de uma escola de educação infantil em Ceilândia também ficaram sem aulas. Lá, porém, apenas uma turma foi suspensa, depois de três casos suspeitos.
 
Em nota, a secretaria de saúde informou que não existe uma epidemia de Influenza A H1N1 no Distrito Federal e que equipes de vigilância estão em campo investigando e aguardando resultados. Em 2018, foram registrados 67 casos em todo o DF, sendo que seis levaram à morte dos infectados.

Os comentários não representam a opinião do jornal e são de responsabilidade do autor. As mensagens estão sujeitas a moderação prévia antes da publicação

Publicidade