Publicidade

Correio Braziliense

Polícia divulga retrato falado de suspeito crime de transfobia no Varjão

Uma mulher trans, o namorado dela e um amigo estavam sentados na praça quando dois homens chegaram com pedaços de pau e começaram a espancar o trio. Polícia pede ajuda para localizar um dos agressores por meio do retrato falado


postado em 28/12/2018 17:25 / atualizado em 28/12/2018 17:27

Retrato falado de um dos homens acusado de ter agredido três pessoas no Varjão com pedaço de pau(foto: Divulgação: PCDF)
Retrato falado de um dos homens acusado de ter agredido três pessoas no Varjão com pedaço de pau (foto: Divulgação: PCDF)
A Polícia Civil divulgou o retrato falado de um dos homens acusado de agrediu três pessoas com um pedaço de pau no Varjão. O crime ocorreu em 1º de novembro e teria sido praticado na companhia de outra pessoa, também do sexo masculino, pela condição de uma das vítmas ser mulher trans.

Os investigadores reforçam que o desenho do agressor apresenta grau de semelhança de 90%. Quem tiver informações pode denunciar na Delegacia Especial de Repressão aos Crimes por Discriminação Racial,
Religiosa, ou por Orientação Sexual, ou Contra a Pessoa Idosa ou com Deficiência (Decrin). 
 
A denúncia pode ser anônima e também é possível de ser feita pelo telefone 197, pelo 
e-mail denuncia197@pcdf.df.gov.br, pelo WhatsApp (61) 9 8626-1197 ou pelo canal de denúncia online no endereço www.pcdf.df.gov.br/servicos/197.

O crime aconteceu por volta das 2h em uma praça Pública na Quadra 5. A mulher e o namorado procuraram a Polícia Civil e relataram que estavam sentados em um banco acompanhados do amigo quando dois homens surpreenderam o trio, cada um deles com um pedaço de pau.
 

Os comentários não representam a opinião do jornal e são de responsabilidade do autor. As mensagens estão sujeitas a moderação prévia antes da publicação

Publicidade