Publicidade

Correio Braziliense

GDF busca patrocínio para aumentar orçamento do carnaval de rua no DF

Secretaria de Cultura destaca ainda que blocos podem fazer apresentações de maneira independente, sem contar com apoio financeiro do governo. Pasta destinará R$ 4 milhões para a realização do carnaval de rua do DF em 2019


postado em 12/01/2019 14:59 / atualizado em 12/01/2019 15:00

Secretaria garante que blocos receberão de mais de R$ 2 milhões para organizar as comemorações durante o feriado(foto: Luis Nova/Esp. CB/D.A Press)
Secretaria garante que blocos receberão de mais de R$ 2 milhões para organizar as comemorações durante o feriado (foto: Luis Nova/Esp. CB/D.A Press)

 
Após representantes de blocos de carnaval de rua do Distrito Federal manifestarem preocupação com os recursos destinados para a folia de 2019, a Secretaria de Cultura do DF (Secult) informou que ainda está atrás de patrocínios, junto a empresas privadas, para viabilizar as festas. A pasta informou que, por enquanto, dispõe de um orçamento de R$ 4 milhões para a realização da folia em Brasília.
 
Deste valor, segundo a secretaria, mais de R$ 2 milhões serão destinados exclusivamente aos blocos, o que inclui desfiles de pré-carnaval, carnaval e pós-carnaval, de acordo com edital elaborado ainda na gestão passada. Neste sábado (12/1), reportagem publicada pelo Correio mostrou que apenas metade dos blocos de carnaval do DF devem sair às ruas em 2019. Os organizadores reclamaram do edital da Secult, que contemplou 55 agremiações. Em 2017, 136 blocos cadastrados receberam recursos.

A pasta, contudo, acredita que mais blocos participarão do carnaval deste ano. "A não adesão ao edital não impede o desfile de blocos, que podem fazer suas apresentações de maneira independente, sem contar com apoio financeiro do governo. Então, é possível que mais blocos se apresentem neste período", comunicou a assessoria de imprensa da Secretaria de Cultura.
 
Além disso, a Secult afirmou que "os blocos que aderiram ao edital e os que desfilarão de maneira independente também estão sendo ouvidos a fim de que seja possível oferecer à cidade um carnaval seguro para os foliões e para as comunidades impactadas direta ou indiretamente pela festa".
  
Em 2018, a secretaria recebeu do Governo do Distrito Federal R$ 4,5 milhões para organizar as comemorações do feriado. Ainda projetando o carnaval deste ano, a pasta dialoga com outros órgãos de governo envolvidos na data para encontrar o melhor formato para as festas no Plano Piloto e em outras regiões administrativas. "É prioridade da pasta a promoção de eventos em outras cidades fora do Plano Piloto, com intuito de promover a difusão cultural e realizar o Carnaval Social", frisou a Secretaria de Cultura.

Os comentários não representam a opinião do jornal e são de responsabilidade do autor. As mensagens estão sujeitas a moderação prévia antes da publicação

Publicidade