Publicidade

Correio Braziliense

Chuva surpreende brasilienses e alivia calorão em áreas isoladas do DF

Apesar do alívio momentâneo, meteorologistas garantem que o calor vai voltar, inclusive com chuvas, no fim de semana


postado em 25/01/2019 12:40 / atualizado em 25/01/2019 13:06

A previsão para este fim de semana, segundo o Inmet, é de céu parcialmente nublado a nublado com pancadas de chuva e trovoadas isoladas(foto: Barbara Cabral/Esp. CB/D.A Press)
A previsão para este fim de semana, segundo o Inmet, é de céu parcialmente nublado a nublado com pancadas de chuva e trovoadas isoladas (foto: Barbara Cabral/Esp. CB/D.A Press)

 

Apesar do calorão registrado no decorrer da semana, o brasiliense pode se refrescar nesta sexta-feira (25/1) por alguns minutos comas  pancadas de chuvas isoladas que atingiram o Distrito Federal no início da tarde. Leitores que estavam na Asa Norte, na Esplanada dos Ministérios, no Parque da Cidade e no Sudoeste relataram ao Correio terem presenciado os chuviscos.

 

De acordo com o meteorologista do Instituto Nacional de Meteorologia (Inmet), Hamilton Carvalho, a precipitação é comum para o período e já era esperada. "Choveu ontem à noite na Asa Norte, Sudoeste, Cruzeiro e vários outros pontos do DF. Hoje estava prevista essa chuva e amanhã e no domingo deve chover também. A precipitação ocorre em uma zona de instabilidade, com a formação de nuvens pela umidade, calor, e temperatura alta", explicou o especialista.


A previsão para este fim de semana, segundo o Inmet, é de céu parcialmente nublado a nublado com pancadas de chuva e trovoadas isoladas. De acordo com Maria das Dores de Azevedo, também  meteorologista, as precipitações não amenizarão o calor. "Quando a chuva passa, as temperaturas voltam a ficar elevadas por causa do verão. E, quando não chove, a sensação de calor aumenta", explica.


A última segunda-feira (21/1) foi o dia mais quente do ano até agora, quando a estação do Inmet em Águas Emendadas marcou 33,6ºC. Nessa quinta, os termômetros registraram 32,6ºC. A Defesa Civil também declarou estado de atenção em razão da umidade, que há cinco dias se mantém próxima do nível de 30% a 20%.

 

 

Os comentários não representam a opinião do jornal e são de responsabilidade do autor. As mensagens estão sujeitas a moderação prévia antes da publicação

Publicidade