Publicidade

Correio Braziliense

Mais uma passageira de Manaus é encontrada com skunk no aeroporto

Na segunda-feira, duas mulheres foram presas com a droga. Hoje, uma adolescente desembarcou em Brasília com 1,7 kg divididos em pacotes


postado em 13/03/2019 19:08 / atualizado em 13/03/2019 19:08

Tabletes de skunk foram encontrados amarrados ao corpo da adolescente(foto: PF/Divulgação)
Tabletes de skunk foram encontrados amarrados ao corpo da adolescente (foto: PF/Divulgação)
Dois dias depois de duas mulheres terem sido presas com 1,58kg de skunk (variedade da maconha com mais substâncias psicoativas) pela Polícia Federal no Aeroporto Internacional Juscelino Kubitschek, uma adolescente de 17 anos foi apreendida nesta quarta-feira (13/3) no mesmo lugar, com 1,7kg da mesma droga.
 
A apreensão de hoje carrega mais similaridades com o caso ocorrido na segunda-feira (11/3): em ambos os casos, as moças estavam com pacotes da droga presos ao corpo. As duas vinham de Manaus, no norte do país.
 
Segundo a Polícia Federal, enquanto era feita inspeção de rotina nos passageiros que acabavam de desembarcar, a adolescente demonstrou nervosismo. Durante a revista, vários pacotes foram encontrados. Ela foi encaminhada com a droga para a Delegacia de Proteção à Criança e ao Adolescente e ficará à disposição da Vara da Infância e da Juventude.


Balança de precisão

Há uma principal diferença para a prisão de segunda-feira: na ocasião, duas mulheres foram presas, uma de 23 e uma de 24 anos. A abordagem aconteceu já no saguão de desembarque, quando os policiais suspeitaram de duas jovens.
 
Enquanto os tabletes de skunk foram encontrados com a passageira, a outra mulher carregava uma balança de precisão, muito usada por traficantes para medir as porções de droga. Ambas foram encaminhadas à Superintendência da Polícia Federal e vão responder pelo crime de tráfico de drogas.

Os comentários não representam a opinião do jornal e são de responsabilidade do autor. As mensagens estão sujeitas a moderação prévia antes da publicação

Publicidade