Publicidade

Correio Braziliense

Dois homens são mortos a tiros em Ceilândia

Uma das vítimas foi assassinada com 20 tiros, na QNN 24. Na QNN 3, morador de rua morre e três jovens ficam feridas


postado em 14/03/2019 23:46 / atualizado em 15/03/2019 21:50

(foto: Cícero Lopes/CB/D.A Press)
(foto: Cícero Lopes/CB/D.A Press)
Na noite desta quinta-feira (14/3), dois homens foram vítimas de homicídio em Ceilândia. Um deles foi encontrado por moradores, no Conjunto E da QNN 24, dentro de um Fiat Uno vermelho. Ele levou cerca de 20 tiros pelo corpo. Em um vídeo que circula pelas redes sociais, as testemunhas se perguntam quem é a pessoa e afirmam nunca ter visto o homem por lá. A segunda vítima foi morta no Conjunto G da QNN 3, também na região administrativa. Ninguém foi preso.

 

De acordo com o delegado Maurício Iacozzilli, adjunto da 23ªDP, a vítima assassinada na QNN 24 foi identificada como Wilson de Faria Pinto, 35 anos. "Todos os disparos atingiram o lado esquerdo dele, o que indica que os autores do homicídio emparelharam o veículo com o dele. Testemunhas que estavam no local também confirmaram a hipótese", afirma. 

 

Peritos da Polícia Civil apreenderam cartuchos de uma pistola 9 milímetros, a qual é de uso exclusivo das Forças Armadas. "Ainda apuramos todos os fatos. Mas como não há câmeras de segurança na região, há dificuldade para identificar os criminosos", analisa o delegado. 

 

Wilson ficou 13 anos preso no complexo Penitenciário da Papuda. Ele tem passagens pelos crimes de latrocínio (roubo seguido de morte), homicídio, roubo, porte ilegal de arma de fogo e Maria da Penha. Ele recebeu a liberdade em 2015. O homem morava na QNN 24. 

 

Na QNN 3, um morador de rua não identificado morreu e três jovens de 16, 17 e 18 anos acabaram feridas. As vítimas foram atingidas por disparos vindos de um carro preto, que apareceu na quadra às 22h50. De acordo com informações da Polícia Civil, os homens atiraram diversas vezes e fugiram em seguida. Ninguém foi identificado ou preso.

 

O alvo dos bandidos era um jovem de 19 anos, que não foi atingido pelos projéteis. Ele socorreu as vítimas ao Hospital Regional de Ceilândia (HRC), onde elas receberam atendimento médico. Nenhuma das mulheres corre risco de morte. O homem acabou apreendido na unidade hospitalar por policiais militares. Ele tinha um mandado de busca e apreensão em aberto por um crime cometido na adolescência. 

Tentativa de homicídio

Na madrugada de quarta-feira (13), um homem de 53 anos acabou preso depois de tentar matar o vizinho, de 19. O caso também aconteceu em Ceilândia, no Sol Nascente. De acordo com a Polícia Civil, a vítima e possível autor moram no mesmo lote. O jovem assistia a um jogo de futebol em casa na companhia de alguns amigos. A situação incomodou o vizinho, que jogou pedras no grupo. 

 

Vítima e colegas foram até a residência do homem para questionar a ação, mas o suspeito já estava armado com um revólver calibre 38 e disparou contra o jovem. O suspeito acabou preso em flagrante por tentativa de homicídio. Ele estava em casa e tinha escondido a arma do crime no lixo da cozinha. Policiais militares encontraram o artefato e encaminharam o homem para a delegacia. 

 

 

Os comentários não representam a opinião do jornal e são de responsabilidade do autor. As mensagens estão sujeitas a moderação prévia antes da publicação

Publicidade