Publicidade

Correio Braziliense

Morre jacaré encontrado no Lago Paranoá

O animal estava no Zoológico de Brasília, onde passou por uma cirurgia de retirada de um arame de 50cm que estava no estômago


postado em 19/04/2019 15:00 / atualizado em 19/04/2019 18:52

O animal estava no Zoológico de Brasília desde quando foi resgatado pelo BPMA na última terça-feira (19/4)(foto: Divulgação/BPMA)
O animal estava no Zoológico de Brasília desde quando foi resgatado pelo BPMA na última terça-feira (19/4) (foto: Divulgação/BPMA)
 O jacaré  resgatado no Lago Paranoá morreu na madrugada desta sexta-feira (19/4). Ele estava internado no Hospital Veterinário (HVet) do Zoológico de Brasília desde o dia que foi encontrado pelo Batalhão de Polícia Militar Ambiental, na última terça-feira (16). O animal não resistiu a cirurgia de retirada de uma arame de 50cm no estômago.

 

Assim que deu entrada na unidade veterinária, a equipe de médicos o submeteu a exames de raio x para avaliar profundidade do objeto que ele havia ingerido no Lago Paranoá. Com as imagens, os veterinários viram que o objeto estava no estômago do jacaré dobrado e era pontiagudo. A equipe avaliou a situação e decidou que ele deveria passar pelo procedimento cirúrgico. Caso o arame fosse puxado pela boca, causaria lesões internas no sistema digestório do animal.

 

De acordo com a assessoria do Zoológico, a cirurgia durou 2h e, apesar de delicada, não houve complicação. No entanto, desde então, o animal estava sob efeito de anestesia. Em nota, o Zoológico informou que será realizada a necrópsia para identificar a causa da morte. O laudo leva de 15 a 30 dias para ficar pronto.

 

"O Zoo de Brasília ressalta ainda importância de todos ficarem atentos com o descarte adequado do lixo, a fim de manter a qualidade da água no Lago Paranoá e de evitar que outros animais tenham sua saúde prejudicada pela ingestão do mesmo", finaliza o texto.

 

O resgate


O jacaré de cerca de 1,60 m e 60 kg foi encontrado próximo à Ponte do Bragueto. Ele havia sido visto pela primeira vez na quinta-feira (11) por funcionários de uma obra, que fizeram um vídeo e enviaram ao batalhão. Este é o oitavo jacaré encontrado este ano no DF, o dobro de 2018. 

 
 
 
 

Os comentários não representam a opinião do jornal e são de responsabilidade do autor. As mensagens estão sujeitas a moderação prévia antes da publicação

Publicidade