Publicidade

Correio Braziliense

Surto de caxumba é confirmado em escola de Ceilândia

Cerca de 20 pessoas apresentaram sinais da doença no Centro Educacional 7 (CED 7). Colégio é uma das unidades com gestão compartilhada com a Polícia Militar


postado em 22/05/2019 22:35 / atualizado em 22/05/2019 22:35

No Centro Educacional 7 (CED 7) de Ceilândia 20 pessoas contraíram a doença(foto: Walder Galvão/CB/D.A Press)
No Centro Educacional 7 (CED 7) de Ceilândia 20 pessoas contraíram a doença (foto: Walder Galvão/CB/D.A Press)
O Centro Educacional 7 (CED) de Ceilândia está com surto de caxumba confirmado pela Secretaria de Saúde. O órgão confirmou que cerca de 20 pessoas apresentaram sinais da doença no colégio, mas as aulas não foram suspensas. A escola é uma das unidades do DF com gestão compartilhada entre as secretarias de Educação e de Segurança Pública do Distrito Federal (SSP-DF), desde 1º de fevereiro.

A Secretaria de Saúde informou que ao ter conhecimento dos casos de caxumba, a Coordenação Regional de Ceilândia acionou a Vigilância Epidemiológica.  Uma das medidas tomadas foi o envio de uma equipe para a conferência das carteiras de vacinação de estudantes e servidores.
 
A pasta ressaltou, ainda, a previsão é de que nos próximos dias seja realizada na escola a imunização das pessoas que não estejam devidamente protegidas, mas não apresentou data.

Policial agride e imobiliza estudantes em escola 

A escola é a mesma que registrou um policial militar agredindo e imobilizando alunos na quadra de esportes. O caso aconteceu em 26 de abril.  Os estudantes registraram o episódio em vídeo.
 
As imagens mostraram o momento em que um dos policiais arremessa o aluno ao chão. O rapaz permanece deitado e outros policiais conferem se ele está bem. Em outro momento, é possível ver um segundo estudante sendo imobilizado pelo pescoço. 


Os comentários não representam a opinião do jornal e são de responsabilidade do autor. As mensagens estão sujeitas a moderação prévia antes da publicação

Publicidade