Publicidade

Correio Braziliense

Polícia Civil prende empresário que arremessou modelo de hotel há 14 anos

Carlos Humberto Pereira é acusado do homicídio de Patrícia Melo, 21 anos, em janeiro de 2005. Ele estava foragido desde setembro de 2018, quando foi condenado


postado em 23/08/2019 08:32 / atualizado em 23/08/2019 15:11

Homem foi preso por policiais civis da 1ª Delegacia de Polícia (Asa Sul)(foto: Reprodução/PCDF)
Homem foi preso por policiais civis da 1ª Delegacia de Polícia (Asa Sul) (foto: Reprodução/PCDF)
 
A Polícia Civil prendeu o empresário que matou a modelo Patrícia Melo, em 2005. De acordo com a investigação e o julgamento do caso, Carlos Humberto Pereira Montenegro, 59 anos, arremessou a vítima do 14º andar de um hotel de luxo em Brasília, no Setor Hoteleiro Sul, após cometer assédio sexual. O homem foi abordado na noite de quinta-feira (22/8). 

A ação penal foi aceita somente três anos após o crime, quando o empresário foi preso, mas ele obteve um habeas corpus no mesmo ano. Em setembro de 2018, ele foi condenado a pena de 13 anos de detenção em regime fechado, mas o acusado ficou foragido. Neste ano, investigações realizadas pela Polícia Civil do Amapá descobriram o paradeiro de Carlos Humberto, e policiais da 1ª Delegacia de Polícia (Asa Sul) se deslocaram até Belém, nesta semana, para efetuar a sua prisão. 

Os agentes do Distrito Federal encontraram o empresário dirigindo um carro na Avenida Independência, uma das principais via de Belém, no horário de pico. O acusado foi detido e alegou inocência. Além do homicídio, ele é investigado por crimes contra a Administração Pública praticados no estado do Amapá, e já havia sido preso em 2009 pela Polícia Federal.

A operação que resultou na prisão na última quinta foi batizada de Diké, nome da divindade grega que representa a Justiça e os Julgamentos, conhecida por ser a vingadora das violações da lei.

Os comentários não representam a opinião do jornal e são de responsabilidade do autor. As mensagens estão sujeitas a moderação prévia antes da publicação

Publicidade