Publicidade

Correio Braziliense

DF tem novos focos de incêndio; o calor e a seca continuam no fim de semana

As chamas voltam a queimar parque em Águas Claras e Bombeiros combatem fogo nas proximidades da Ponte JK. Segundo Inmet, fim de semana será de calor e baixas umidades


postado em 14/09/2019 10:42 / atualizado em 14/09/2019 14:42

Corpo de Bombeiros combate fogo nas proximidades da Ponte JK(foto: Ailim Cabral/CB/DA.Press )
Corpo de Bombeiros combate fogo nas proximidades da Ponte JK (foto: Ailim Cabral/CB/DA.Press )

Além dos novos focos de incêndio no Parque Ecológico de Águas Claras, outras regiões do Distrito Federal também têm registros de queimadas na manhã deste sábado (14/9). 

Por volta das 9h, um caminhão do Corpo de Bombeiros interditou a faixa da direita na saída da Ponte JK sentido Plano Piloto para combater o fogo que se alastra e estava se aproximando da pista. 

A região de cerrado ao lado da via estava bastante queimada e os bombeiros tentavam extinguir alguns focos que estavam com chamas muito altas. A fumaça escura podia ser vista da Esplanada dos Ministérios. 

Faixa da direita interditada para combate ao fogo (foto: Ailim Cabral/CB/DA.Press )
Faixa da direita interditada para combate ao fogo (foto: Ailim Cabral/CB/DA.Press )
O fogo na região se soma a outras diversas ocorrências semelhantes que a capital teve durante toda a semana, que foi de calor intenso e baixa umidade. Na sexta-feira (13/9), o Distrito Federal atingiu a temperatura mais alta do ano segundo o Instituto Nacional de Meteorologia (Inmet). Os termômetros marcaram 34,9ºC no Gama. 


Mais de 100 dias sem chuva


Neste sábado (14), o DF completa 104 dias sem chuvas. Porém, em comparação com os últimos dias, no qual a umidade relativa do ar ficou próxima de 10%, o fim de semana terá um pequeno aumento. A umidade fica entre 15% e 70%, no sábado, e 20% e 85%, no domingo (15/9). 

De acordo com o meteorologista Mamedes Luiz Melo, o céu ficará claro e parcialmente nublado com névoa seca e as temperaturas variam entre 11°C e 34°C, no sábado, e 11°C e 32°C, no domingo. 

Entre os dias 27 e 29, existe chance de chuvas espaçadas no DF. “Se essa possibilidade se confirmar, a umidade vai se elevar um pouco. Caso contrário vai continuar baixa”, completa Mamedes. 

A previsão de chuvas mais frequentes no DF é apenas para a segunda quinzena de outubro. 

A seca 

O DF registrou o dia mais seco da história em 4 de setembro deste ano, com 8%. A máxima histórica de temperatura foi registrada em 2017, quando os termômetros chegaram a 37,3ºC.

Na quinta-feira (12/9), a Defesa Civil decretou estado de emergência novamente no DF, devido à baixa umidade. A medida tinha sido tomada na última semana, mas após três dias com umidade acima de 20%, na segunda-feira (9/9) houve um retorno para estado de alerta, de acordo com a Secretaria de Segurança Pública. 

A Defesa Civil recomenda beber pelo menos seis copos d'água por dia, pingar duas gotas de soro fisiológico em cada narina, ter toalhas molhadas e bacias com água nos quartos, usar roupas leves e, se possível, de algodão, evitar exercícios físicos entre 10h e 17h e evitar a queima de lixo e entulho. 

Os comentários não representam a opinião do jornal e são de responsabilidade do autor. As mensagens estão sujeitas a moderação prévia antes da publicação

Publicidade