Publicidade

Correio Braziliense

Bombeira sofre parada cardíaca após ser atingida por uma árvore

O acidente ocorreu nem uma área de vegetação na QNL 2, em Taguatinga. A vítima foi socorrida e hospitalizada em estado grave


postado em 15/09/2019 09:40 / atualizado em 15/09/2019 18:17

Movimentação de bombeiros no Hospital de Ceilândia(foto: Minervino Junior/CB/D.A Press)
Movimentação de bombeiros no Hospital de Ceilândia (foto: Minervino Junior/CB/D.A Press)
Uma bombeira foi atingida por uma árvore e fios de alta tensão enquanto trabalhava em uma ocorrência de incêndio florestal, em uma área de vegetação na QNL 2, em Taguatinga Norte. O acidente aconteceu na manhã deste domingo (15/9) e Marizelli Armelinda Dias, 31 anos, foi transportada em estado grave ao Hospital Regional de Ceilândia (HRC). No fim da tarde, porém, ela morreu.

 

Os bombeiros precisaram esperar a resposta da Companhia Energética de Brasília (CEB) para confirmar a inexistência de corrente elétrica e conseguir fazer o resgate com segurança. Ainda não é possível saber se a bombeira foi eletrocutada ou se os ferimentos foram causados exclusivamente pela queda da árvore. A equipe médica não descarta a possibilidade do choque, devido às paradas cardíacas que ela sofreu. 

 

Ela teve uma parada cardíaca no local do acidente e recebeu massagem. Já no hospital, ela sofreu mais duas. Ela teve traumatismo craniano e fraturas na perna, no tórax, na costela e no braço. Horas depois de ser internada, Marizelli não resitiu e morreu. Ela deixa dois filhos, uma menina e um menino, de 4 e 5 anos.


Ver galeria . 6 Fotos Reprodução/Instagram
(foto: Reprodução/Instagram )

 

 

Os comentários não representam a opinião do jornal e são de responsabilidade do autor. As mensagens estão sujeitas a moderação prévia antes da publicação

Publicidade