Publicidade

Correio Braziliense

Vídeo: Centenas de pessoas se reúnem para despedida da bombeira Marizelli

Após a cerimônia, o corpo de Marizelli será sepultado às 17h30, no Cemitério Campo da Esperança de Taguatinga.


postado em 16/09/2019 15:40 / atualizado em 16/09/2019 20:54

Determinação, garra e felicidade foram marcas da vida da bombeira (foto: Ed Alves/CB/D.A Press )
Determinação, garra e felicidade foram marcas da vida da bombeira (foto: Ed Alves/CB/D.A Press )
Faltam palavras no velório da soldado Marizelli Armelinda Dias, 31 anos. Atordoados com a partida abrupta, os presentes na cerimônia deixam a quebra do silêncio apenas para a Banda de Música do Corpo de Bombeiros. Mãe de dois filhos, Marizelli morreu em serviço neste domingo (15/9), enquanto participava de uma ação de combate a incêndio em Taguatinga

Centenas de pessoas se reúnem no 2º Grupamento de Bombeiro Militar, em Taguatinga Centro. A maioria é de companheiros de serviço de Marizelli, que não conseguem conter as lágrimas. “Onde ela passou, deixou um marco de alegria e vontade”, contou ao Correio um colega do curso de formação da corporação, o soldado Adriano Lima. 

Marizelli entrou nos bombeiros em 2 de julho de 2018. Durante 10 meses, ela permaneceu no curso de formação da corporação e entrou no 2º Grupamento em julho deste ano. “O curso é muito difícil para todo mundo, mas ela nunca desmontrou falta de vontade com a rotina. Sempre estava animada e era nossa ‘puxadora de grito’ oficial”, relatou Adriano. 
 

 
Profissionais do Serviço de Atendimento Móvel de Urgência (Samu) levaram o corpo até a entrada do Grupamento. Em seguida, colegas de trabalho entraram com o caixão em mãos. 

O secretário de Meio Ambiente, Sarney Filho, acompanha o velório. Ele frisou a importância dos bombeiros na área ambiental. “Reconheço esse valioso trabalho que a corporação faz. Como secretário, e tendo ela morrido no exercício de sua função, vim prestar minha solidariedade”, disse. 

O governador do Distrito Federal, Ibaneis Rocha (MDB), e o secretário de Segurança Pública, Anderson Torres, também acompanham a despedida de Marizelli. O presidente da Companhia Energética de Brasília (CEB), Edson Garcia, também está presente.

Os comentários não representam a opinião do jornal e são de responsabilidade do autor. As mensagens estão sujeitas a moderação prévia antes da publicação

Publicidade