Publicidade

Correio Braziliense

Vídeo: moradores registram chuva em várias regiões do Distrito Federal

Após 113 dias, chuva chegou tímida. Há registros de precipitações em Águas Claras, Ceilândia e Taguatinga


postado em 25/09/2019 19:03 / atualizado em 25/09/2019 23:25

Chuva tímida marcou a volta pra casa na EPTG(foto: CB/D.A Press)
Chuva tímida marcou a volta pra casa na EPTG (foto: CB/D.A Press)

Confirmando a previsão desta quarta-feira (25/9), choveu no Distrito Federal. A possibilidade já havia sido alertada pelo Instituto Nacional de Meteorologia (Inmet). Por volta das 18h, havia registros de precipitações no Plano Piloto, Sudoeste, Guará, Águas Claras, Ceilândia e Taguatinga.
 
Na Rua 17 Sul, próxima ao Shopping Águas Claras, era possível observar uma fina camada de chuva atingindo os edifícios próximos.  Moradora do local, a professora Maria Lúcia, 45, comemorou a volta das precipitações. “Esse clima abafado estava afetando a minha saúde. Eu entrava em casa e perdia o ar logo em seguida, por conta da asma. Graças a Deus está tudo voltando ao normal”, disse.
 
Morador de Taguatinga Norte, o estudante Felipe Marques, 20, contou que, com a volta das chuvas, vai conseguir praticar suas caminhadas com mais frequência. “Eu só consigo correr no horário da tarde, logo quando as temperaturas se mantêm mais altas. É importante manter a hidratação, mas nesse sol parece que eu precisava fazer dobrado.”  

Samambaia

 
 

Asa Norte

 
 

Taguatinga

 
 

Epia

 
 

Guará

 
 

Sudoeste

 
 

Águas Claras

(foto: CB/D.A Press)
(foto: CB/D.A Press)
 


Oficialmente, o Inmet registrou 1,2 milímetros de chuva no Sudoeste, entre 19h e 20h. Segundo o meteorologista Heráclio Alves, o instituto recebeu ainda aviso de precipitações em Planaltina e Samambaia. Apesar da chegada tímida, a previsão é de chuva para o resto da semana, segundo ele. “A previsão para amanhã e sexta é de possibilidade de trovoada e pancadas de chuva”, afirmou.
 
Apesar da estreia, a chuva só deve se manter até este sábado (27/9), depois disso a previsão é de céu limpo. “Depois do final de semana, o tempo abre novamente porque esse período de início é muito inconstante”, informou Amilton Carvalho, meteorologista do Inmet. A previsão é que as chuvas só se regularizem a partir da segunda quinzena de outubro.

O DF já registrava 113 dias sem chuvas. A última vez que choveu havia sido em 4 de junho. O recorde é de 164 dias em 1963, quando as águas pararam de cair em 5 de maio e voltaram em 16 de outubro. 

Os comentários não representam a opinião do jornal e são de responsabilidade do autor. As mensagens estão sujeitas a moderação prévia antes da publicação

Publicidade