Publicidade

Correio Braziliense

Sesipe divulga datas para reposição de visitas nas unidades prisionais

Visitas foram suspensas por conta da paralisação dos agentes de execução penal


postado em 16/10/2019 16:04 / atualizado em 16/10/2019 16:05

Greve de agentes de execução penal interrompeu as visitas aos custodiados nas unidades prisionais do Distrito federal(foto: Ed Alves/CB/D.A Press)
Greve de agentes de execução penal interrompeu as visitas aos custodiados nas unidades prisionais do Distrito federal (foto: Ed Alves/CB/D.A Press)
A paralisação dos agentes de execução penal afetou as visitas sociais nas unidades prisionais do Distrito Federal. Por esse motivo, nesta quarta-feira (16/10), a Subsecretaria do Sistema Penitenciário (Sesipe) disponibilizou o calendário para reposição das visitas que não puderam ocorrer nos dias 30 de setembro e 1 e 2 de outubro. 

Novas senhas para as visitas deverão ser emitidas no site da Sesipe (visita.sesipe.df.gov.br/). Elas serão disponibilizadas para os dias: 21 de outubro, para quem estava agendado para 30 de setembro; 4 de novembro, para quem estava agendado para o dia 1º de outubro; e 18 de novembro, para quem estava agendado para o dia 2 de outubro.

Para não haver prejuízo aos familiares, as visitas ocorrerão às segundas-feiras, dia diferente da programação das unidades prisionais. Normalmente, as visitas são realizadas às quartas e quintas-feiras.

Entenda

Os agentes de execução penal do Distrito Federal entraram de greve em 30 de setembro e seguiram até 4 de outubro, quando a paralisação teve fim após reunião da categoria. Os agentes reinvidicavam garantia do adicional de periculosidade, promessa de campanha feita pelo governador Ibaneis Rocha (MDB). 

Por conta da greve, os agentes pararam de realizar os serviços de visita aos custodiados, o atendimento a advogados e as escoltas judiciais, exceto aquelas destinadas ao Tribunal do Júri. Demais serviços ocorreram normalmente.

Os comentários não representam a opinião do jornal e são de responsabilidade do autor. As mensagens estão sujeitas a moderação prévia antes da publicação

Publicidade