Publicidade

Correio Braziliense

Polícia Civil procura irmãos acusados de assassinato no Deck Sul

Higor Sousa Ananias, 22 anos, e Vitor Hugo Lima Ananias, 23, foram alvos de mandados de busca nesta quarta-feira (13/11), mas não foram encontrados e são considerados foragidos


postado em 13/11/2019 13:53 / atualizado em 13/11/2019 13:53

Deck Sul foi palco de dois assassinatos semelhantes em menos de duas semanas (foto: Minervino Junior/CB/D.A Press)
Deck Sul foi palco de dois assassinatos semelhantes em menos de duas semanas (foto: Minervino Junior/CB/D.A Press)
A Polícia Civil cumpriu nesta quarta-feira (13/11) mandados de busca contra dois irmãos acusados de assassinar Carlos Martins do Nascimento no Deck Sul, mas os alvos da operação não foram encontrados. Higor Sousa Ananias, 22 anos, e Vitor Hugo Lima Ananias, 23, são considerados foragidos.

Os dois são investigados pelo homicídio em 28 de setembro, no Setor de Clubes Esportivos Sul. O crime ocorreu durante a madrugada, por volta das 4h30, durante uma festa irregular no Deck Sul. A vítima sofreu uma emboscada e foi alvejada por cerca de sete tiros, dentro do carro. Carlos ainda chegou a ser socorrido, mas morreu no hospital uma semana depois.

Nos endereços das buscas foram encontradas porções de drogas. Duas pessoas foram autuadas por posse de substâncias ilegais para consumo próprio. Os irmãos estão com mandado de prisão em aberto. A Polícia Civil divulgou os nomes dos acusados para facilitar na busca. Informações sobre os irmãos podem ser denunciadas de forma anônima pelo número 197.

Crime semelhante

Dias após a morte de Carlos, em 5 de outubro, o jovem Arthur Daniel Silva Torreão, 19, também foi vítima de homicídio no mesmo local. A vítima foi baleada próximo à Ponte das Garças por volta das 3h30. A investigação teve conclusão após a prisão de um homem e a apreensão de um adolescente, no Guará. Testemunhas indicaram que Arthur teria brigado com um grupo de pessoas antes de ser atingido por pelo menos três tiros pela dupla. 

Os comentários não representam a opinião do jornal e são de responsabilidade do autor. As mensagens estão sujeitas a moderação prévia antes da publicação

Publicidade