Publicidade

Correio Braziliense

Chuvas intensas: Defesa Civil emite novo alerta neste domingo

A Defesa Civil do Distrito Federal emitiu o sétimo alerta seguido relacionado ao risco de fortes chuvas; estragos causados pelo mau tempo são registrados neste domingo (24/11)


postado em 24/11/2019 17:58 / atualizado em 24/11/2019 19:20

Estragos: outdoor na subida do Taquari caiu após não resistir à chuva intensa com ventos deste domingo (24/11) (foto: Carolina Rabello/Arquivo Pessoal)
Estragos: outdoor na subida do Taquari caiu após não resistir à chuva intensa com ventos deste domingo (24/11) (foto: Carolina Rabello/Arquivo Pessoal)
A Defesa Civil emitiu neste domingo (24/11) novo alerta de chuvas intensas com risco de ventos fortes e raios em todo o Distrito Federal. Desde o início da semana, avisos são emitidos diariamente para alertar a população sobre os perigos do período chuvoso. E as chuvas deste domingo já causaram estragos: na subida do Bairro Taquari, um outdoor não resistiu aos ventos da chuva e despencou. Ninguém ficou ferido. 

O Corpo de Bombeiros (CBMDF) comunicou ainda ponto de alagamento devido a excesso de chuvas na BR-020, no sentido Sobradinho-Brasília. Engarrafamento também se formou por conta da chuva no sentido Brasília-Sobradinho. O volume de água também causou problemas neste sábado (23/11), quando as calhas do Hospital Regional do Gama não suportaram a água e o centro cirúrgico da unidade ficou alagado.

De acordo com o Instituto Nacional de Meteorologia (Inmet), a situação de chuvas do DF é de perigo potencial. O instituto prevê risco, mesmo que baixo, de corte de energia elétrica, queda de galhos de árvores, alagamentos e de descargas elétricas. 

Cuidados


Neste período de instabilidade, o Inmet recomenda evitar o uso de aparelhos eletrônicos ligados à tomada. Em caso de rajadas de vento, a orientação é não se abrigar debaixo de árvores e não estacionar veículos próximos a torres de transmissão e placas de propaganda, como outdoors.

Para situações de emergências, estão disponíveis os números 193, do Corpo de Bombeiros, e 199, da Defesa Civil.

Os comentários não representam a opinião do jornal e são de responsabilidade do autor. As mensagens estão sujeitas a moderação prévia antes da publicação

Publicidade