Publicidade

Correio Braziliense

Saiba como receber notícias do Correio no WhatsApp de forma gratuita

Ferramenta permite levar informação de qualidade para a rede social, com notícias do DF, do Brasil e do mundo


postado em 09/12/2019 12:52 / atualizado em 09/12/2019 12:53

Informações que chegam via WhatsApp costumam ser imprecisas. Muitas vezes, elas não apresentam fonte, não possuem apuração e podem ser armadilhas para quem lê e compartilha. Pensando nisso, o Correio leva notícias do Distrito Federal, do Brasil e do mundo para o celular dos leitores.

Em uma lista de transmissão, o veículo envia matérias diárias de forma gratuita. Para fazer parte, basta adicionar aos contatos o número (61) 99951-5874 e enviar no WhatsApp a palavra “olá”. Desta forma, o leitor estará automaticamente participando do serviço.

Depois de enviar a mensagem, o usuário receberá ao longo do dia todas as notícias de Brasília, os principais fatos de política e economia, além dos acontecimentos nacionais e internacionais  de maior relevância. 

Quem já faz parte das listas anteriores de transmissão não precisa atualizar o cadastro. O número novo atenderá apenas àqueles que ainda não participam. Os números antigos continuarão transmitindo o mesmo conteúdo. 

Holofote

Esta é mais uma ferramenta do Correio contra as fake news que prejudicam a população. Neste ano, o veículo lançou também o Holofote, o primeiro núcleo de checagem de fatos do Distrito Federal. O espaço foi criado para verificar informações e dados de origem duvidosa em circulação nas redes sociais. 

O leitor pode contribuir com as checagens enviando textos, fotos, vídeos ou áudios duvidosos para o WhatsApp (61) 99555-2589 ou para o e-mail holofote.df@dabr.com.br . A partir daí, a equipe de repórteres do núcleo fará uma verificação apurada do conteúdo, para verificar se ele é falso, real ou com informações parcialmente corretas, que necessita de esclarecimentos. 
 
Outra forma de comunicação direta com o leitor é o WhatsApp da editoria Cidades. Pelo número (61) 9256-3846, o leitor pode enviar sugestões de pauta relacionadas ao DF, como denúncias ou informações gerais da capital.

Os comentários não representam a opinião do jornal e são de responsabilidade do autor. As mensagens estão sujeitas a moderação prévia antes da publicação

Publicidade