Publicidade

Correio Braziliense

Perícia em escola da 410 Norte indicará dinâmica da morte de professor

Peritos estiveram na instituição para analisar o funcionamento das câmeras de segurança e realizar croqui estrutural do local


postado em 05/02/2020 20:11 / atualizado em 06/02/2020 21:21

(foto: Ed Alves/CB/D.A Press)
(foto: Ed Alves/CB/D.A Press)
Peritos do Instituto de Criminalistica (IC) da Polícia Civil estiveram na Escola Classe 410 Norte para auxiliar na investigação da morte do professor Odailton Charles de Albuquerque Silva, 50 anos. O docente passou mal na última quinta-feira (30/1), após tomar um suco de uva oferecido por uma colega de trabalho. Ele morreu no Hospital Regional da Asa Norte (Hran) na terça-feira (4/2).

Agentes da 2ª Delegacia de Polícia (Asa Norte) acompanharam o trabalhado do IC, realizado na noite desta quarta-feira (5/2). Os peritos analisaram o funcionamento das câmeras de segurança da escola, mas elas não estariam funcionando. 

Os peritos também realizaram um croqui estrutural da instituição, para ser usado para definir o roteiro de dinâmica de como todo o caso ocorreu. Será apontado onde o professor tomou o suco, assim como os locais por onde ele passou na escola até ser socorrido por bombeiros ao Hran. Testemunhas também serão escutadas.

Os comentários não representam a opinião do jornal e são de responsabilidade do autor. As mensagens estão sujeitas a moderação prévia antes da publicação

Publicidade