Publicidade

Correio Braziliense

Polícia apreende tesouras e facas em blocos de carnaval

Sábado de pré-carnaval correu sem prisões. Equipes das forças de segurança faziam revistas em pontos de entrada e passagem dos blocos


postado em 16/02/2020 16:33 / atualizado em 16/02/2020 17:09

Equipes da Polícia Militar posicionadas nas entradas dos blocos reforçavam a segurança dos foliões (foto: Ana Rayssa/CB/D.A Press)
Equipes da Polícia Militar posicionadas nas entradas dos blocos reforçavam a segurança dos foliões (foto: Ana Rayssa/CB/D.A Press)
O sábado de pré-carnaval (15/2) foi tranquilo para os foliões. Dados do balanço feito pela Secretaria de Segurança Pública do Distrito federal (SSP-DF) mostram que não houve prisões, mas registros de sete ocorrências. No entanto, as forças de segurança apreenderam objetos potencialmente perigosos. Nas revistas feitas pelos policiais militares, foram encontradas 50 tesouras, 12 facas, dois alicates, um soco inglês e uma arma de choque. Ao todo, a Polícia Militar empregou 700 oficiais para os sete eventos deste sábado. 
 
Os oficiais também apreenderam drogas: uma porção de crack e uma de maconha, cinco comprimidos diversos, além de 17 utensílios usados no preparo de entorpecentes, e três frascos de lança-perfume. Entre os itens furtados, os policiais recolheram um celular, diversos documentos, e R$ 40. 
 
Em rondas pela área externa do Ginásio Nilson Nelson e pelo Complexo da Funarte, o Corpo de Bombeiros Militar do Distrito Federal (CBMDF) atendeu cinco pessoas. Uma delas havia se cortado sozinha, três sofreram queda e uma teve síncope.

Trânsito

O Departamento de Trânsito (Detran-DF) fez o controle do tráfego nas proximidades do ginásio Nilson Nelson, onde acontece o Carnaval no Parque. Os agentes montaram dois pontos de controle: na altura do Tribunal de Contas do DF, e em frente ao ginásio, às margens da Via N1. Não houve registro de acidente na área.
 
O órgão também fez duas operações de fiscalização para identificar condutores alcoolizados. Uma delas, entre as 17h e as 20h, aconteceu no Parque da Cidade. Mais tarde, entre as 23h e as 2h, a blitz aconteceu no Eixo Monumental, próximo à Catedral Militar Rainha da Paz. Os agentes flagraram 32 condutores dirigindo sob efeito de álcool e três com a Carteira Nacional de Habilitação (CNH) vencida há mais de 30 dias.

Motoristas de 80 veículos receberam multa por estacionamento irregular no Plano Piloto e 30 precisaram ser removidos para o depósito do Detran durante as operações.

Os comentários não representam a opinião do jornal e são de responsabilidade do autor. As mensagens estão sujeitas a moderação prévia antes da publicação

Publicidade