Publicidade

Correio Braziliense

Hospital particular da Asa Sul investiga mais um caso de coronavírus no DF

Segundo o hospital, paciente teve viagem recente para a Itália, país que já registrou 12 mortos e 374 casos confirmados. Capital do país tem duas suspeitas e dois casos descartados nesta quarta-feira (26/2)


postado em 26/02/2020 15:27 / atualizado em 26/02/2020 16:27

(foto: Reprodução/Facebook)
(foto: Reprodução/Facebook)
Além do Santa Lúcia na Asa Norte, um outro hospital particular do Distrito Federal investiga um caso suspeito de coronavírus.

O Hospital Ortopédico e Medicina Especializada (Home), da Asa Sul, informou que, na manhã desta terça-feira (26/2), dois pacientes com sintomas da doença deram entrada na unidade, sendo que, em um deles, a presença do vírus foi descartado.

 

Segundo o hospital, os dois tiveram viagem recente à Itáliapaís que já registrou 12 mortos e 374 casos. Ainda segundo a unidade hospitalar, todos os protocolos estabelecidos pelo Ministério da Saúde e pela Organização Mundial da Saúde (OMS) foram adotados.

 

Após a avaliação da Vigilância Epidemiológica da Secretaria de Saúde do DF, um dos pacientes foi liberado. "O outro permanece em observação, aguardando os resultados do exames", diz em nota o diretor-técnico doutor Cícero Dantas.
 

Outros casos

Dessa forma, até a última atualização desta matéria, havia dois casos suspeitos no DF: o do Home e o do Santa Lúcia da Asa Norte, divulgado mais cedo.

O paciente do Santa Lúcia chegou recentemente da Austrália e apresenta sintomas semelhantes ao do novo coronavírus, confirmou ao Correio uma fonte do hospital.

Também nesta quarta-feira, o Hospital Regional da Asa Norte (Hrandescartou um caso suspeito de coronavírus. Um homem deu entrada na madrugada com sintomas semelhantes ao da doença. Ele chegou a ser isolado no 7º andar da unidade de saúde. As informações da suspeita e, mais tarde, de que o paciente não tem o vírus foram confirmadas ao Correio pelo diretor do Hran, o médico Leonardo Ramos.

 

Um caso confirmado no país 

Em São Paulo, um homem de 61 anos, que chegou da Itália, foi diagnosticado com o coronavírus. Ele está internado no Albert Einstein e é o primeiro brasileiro diagnosticado com a doença até o momento.

Os comentários não representam a opinião do jornal e são de responsabilidade do autor. As mensagens estão sujeitas a moderação prévia antes da publicação

Publicidade