Publicidade

Correio Braziliense

Militar da FAB dá entrada no HFA suspeito de infecção por coronavírus

De acordo com o ministério, a equipe médica do hospital realiza exames laboratoriais para confirmar ou descartar a suspeita de Covid-19


postado em 27/02/2020 16:40 / atualizado em 27/02/2020 17:05

Militar deu entrada no HFA na manhã desta quinta-feira (27/2)(foto: Gabriel Pinheiro/Esp. CB/D.A Press)
Militar deu entrada no HFA na manhã desta quinta-feira (27/2) (foto: Gabriel Pinheiro/Esp. CB/D.A Press)
Um militar da Força Aérea Brasileira (FAB) deu entrada no Hospital das Forças Armadas (HFA), na manhã desta quinta-feira (27/2), com suspeita de infecção por coronavírus. O paciente, segundo informou o Ministério da Defesa, encontra-se com sinais vitais estáveis e sem desconforto respiratório. 
 
De acordo com o ministério, a equipe médica do hospital realiza exames laboratoriais para confirmar ou descartar a suspeita de Covid-19.

"Até o momento, este é o único caso avaliado pelos médicos do HFA como suspeito de coronavírus e não tem qualquer relação com a Operação Regresso", afirmou em nota. Contudo, a pasta não informou como o militar pode ter sido exposto ao novo coronavírus. 
 
A Operação Regresso da FAB teve o objetivo de repatriar 58 brasileiros que estavam em Wuhan, China, devido ao surto do novo coronavírus. Os militares decolaram em 5 de fevereiro. 
 

Outros casos

O caso do militar não está incluído na lista de cinco pacientes em observação anunciados, durante a manhã, pela Secretaria de Saúde do Distrito Federal.

Desses cinco, um já teve a presença do coronavírus descartada — um homem que está internado no Hospital Santa Lúcia da Asa Norte. O resultado dos exames dos outros quatro também é esperado para esta quinta-feira, , mas ainda podem ser necessários novos testes após essa avaliação para confirmação final. 
 
A secretaria ressalta que ainda não há nenhum caso confirmado na capital, mas os quatro estão em análise por se encaixarem nas definições de quadros clínicos semelhantes. 
 
 
 

Os comentários não representam a opinião do jornal e são de responsabilidade do autor. As mensagens estão sujeitas a moderação prévia antes da publicação

Publicidade