Cidades

Coronavírus: GDF dará bolsa alimentação para pais de alunos da rede pública

Medida tem como objetivo compensar a falta de alimentação das escolas durante o período de 15 dias de suspensão das aulas, por conta da contaminação pelo Covid-19

Darcianne Diogo
postado em 15/03/2020 16:01

Medida tem como objetivo compensar a falta de alimentação das escolas durante o período de 15 dias de suspensão das aulas, por conta da contaminação pelo Covid-19O Governo do Distrito Federal vai instituir a Bolsa Alimentação Escolar Emergencial, para atender a estudantes da rede pública durante o período de suspensão de aulas decretado pelo Governo do Distrito Federal devido à pandemia de coronavírus.

O valor será depositado no cartão material escolar. O objetivo é compensar a falta de alimentação das escolas durante o período de 15 dias de suspensão das aulas. O decreto com a determinação foi publicado no Diário Oficial do Distrito Federal deste domingo (15/3).

No total, cerca de 70 mil famílias receberão o benefício. O valor será distribuído em três faixas de acordo com o número de refeições que o aluno têm feito na rede: R$ 59,70 (única refeição); R$119,40 (duas); e, R$ 179,10 (três). Os cálculos foram feitos com base nos valores oferecidos pelo Programa da Merenda Escolar.

Segundo a Secretaria de Educação, para a família ter o crédito depositado, os recursos do cartão material escolar precisam ter sido completamente utilizados.

Creches

O decreto do governador não vai atingir as creches da cidade. As aulas nas unidades educacionais destinadas as crianças de 0 a 3 anos permanecem abertas nos próximo 15 dias. As insituições particulares também funcionarão normalmente, segundo a Secretária de Educação.

Tags

Os comentários não representam a opinião do jornal e são de responsabilidade do autor. As mensagens estão sujeitas a moderação prévia antes da publicação