Publicidade

Correio Braziliense

Polícia prende suspeitas de matar sargento da reserva da PM

O corpo de Ângelo Sebastião de Ávila foi encontrado com diversas perfurações, entre o Parque Marajó e Alphaville, no distrito de Cristalina (GO)


postado em 30/03/2020 14:30 / atualizado em 30/03/2020 16:32

A vítima trabalhava como motorista de transporte por aplicativo(foto: Redes sociais/Divulgação)
A vítima trabalhava como motorista de transporte por aplicativo (foto: Redes sociais/Divulgação)
Duas mulheres, de 21 e 22 anos, foram presas, nesta segunda-feira (30/3), suspeitas de planejarem e de participarem do assassinato do motorista de transporte por aplicativo e sargento da reserva da Polícia Militar do DF Ângelo Sebastião de Ávila, 71.

O corpo dele foi encontrado em 9 de fevereiro, nas proximidades do Parque Marajó, distrito de Cristalina (GO). Dois adolescentes de 16 anos também foram apreendidos por suspeita de participação no crime. 

Segundo investigações da 30° Delegacia de Polícia (São Sebastião), as mulheres tranalhavam como garotas de programa e combinaram uma corrida pelo aplicativo com a vítima. No local de partida, os adolescentes embarcaram no veículo, a pedido das jovens, para roubar o carro e os pertences da vítima.

As suspeitas foram indiciadas pelos crimes de latrocínio. Os demais foram encaminhados à Delegacia da Criança e do Adolescente (DCA) e estarão sujeitos a medida de internação por até três anos.

Os comentários não representam a opinião do jornal e são de responsabilidade do autor. As mensagens estão sujeitas a moderação prévia antes da publicação

Publicidade