Cidades

Preso encontrado morto em cela assassinou cadeirante em assalto

Policiais penais encontraram o detento morto eletrocutado. O acusado estava preso no Centro de Internamento e Reeducação (CIR) por ter matado o cadeirante Marcilio Pereira da Silva Neto, 57, no assalto a um ônibus, em 29 de outubro de 2019

Darcianne Diogo
postado em 21/04/2020 00:07
homem sentadoO presidiário encontrado morto eletrocutado dentro da cela, no Complexo Penitenciário da Papuda, no último domingo (19/4), foi identificado como Kleilson Sales Araújo, 38 anos. O acusado estava preso no Centro de Internamento e Reeducação (CIR), por ter matado o cadeirante Marcilio Pereira da Silva Neto, 57, no assalto a um ônibus, em 29 de outubro de 2019. A informação foi confirmada por uma fonte ao Correio.

Policiais penais encontraram o detento caído no chão, com sinais de eletrocussão (morte causada por choque elétrico), segundo informou a Secretaria de Segurança Pública (SSP-DF). De acordo com a SSP-DF, o Serviço de Atendimento Móvel de Urgência (Samu) e o Corpo de Bombeiros Militar foram acionados e, quando chegaram à unidade, ainda tentaram reanimar o interno, que acabou vindo a falecer.

Kleilson estava foragido da Justiça desde a data do crime, mas acabou sendo preso em 2 de novembro pela Polícia Militar. Segundo investigações, o suspeito entrou em um coletivo e anunciou o assalto. A vítima, Marcillio Pereira, era deficiente e teria tentado o segurar e acabou baleado.

Investigação


A cela passou por perícia da Polícia Civil e a 30; Delegacia de Polícia (São Sebastião) investiga o caso. Ao Correio, o delegado-chefe da 30; DP, Érico Vinícius Mendes, afirmou que as investigações estão no começo. ;Já foi instaurado o inquérito e ouviremos todos os presos que dividiam a cela com ele;, frisou.

Em nota oficial, a Secretaria esclareceu que irá instaurar um procedimento administrativo para verificar as circunstâncias do ocorrido. ;Toda morte dentro do sistema gera ocorrência policial, o corpo é encaminhado ao Instituto Médico Legal (IML) para necropsia e é instaurado procedimento administrativo;, acrescentou a pasta.

Tags

Os comentários não representam a opinião do jornal e são de responsabilidade do autor. As mensagens estão sujeitas a moderação prévia antes da publicação