Cidades

Funcionários e gestores de academias terão curso on-line para reabertura

Parceria entre secretarias e entidades do setor possibilitará a capacitação para garantir mais segurança na retomada das atividades, quando autorizada

Mariana Niederauer
postado em 27/05/2020 18:06
Parceria entre secretarias e entidades do setor possibilitará a capacitação para garantir mais segurança na retomada das atividades, quando autorizadaFuncionários e gestores de academias do Distrito Federal terão à disposição curso on-line de treinamento sobre o protocolo de reabertura para o setor. Segundo a presidente do Sindicato das Academias do DF (Sindac), Thais Yeleni, a capacitação será possível graças a parceria com a Secretaria de Esporte, a Associação Brasileira de Academias (Acad), o Conselho Regional de Educação Física (CREF-DF) e a Secretaria de Saúde.
Ainda não há data para a formação ter início, uma vez que os estabelecimentos estão proibidos de funcionar há 75 dias, por determinação do Governo do Distrito Federal, para conter a disseminação do coronavírus. A expectativa, no entanto, é de que nos próximos dias o setor tenha liberação para retomar as atividades e a capacitação, que concederá certificado, poderá comerçar. A educação física, agora, é considerada atividade essencial no DF.
Na manhã desta quarta-feira (27/5), a presidente do Sindac e outros representantes do setor estiveram em reunião com Secretaria de Esportes do DF e a Casa Civil, para explicar a importância das atividades com foco na saúde da população. "Parabenizamos o GDF, pois percebemos que o controle foi necessário para preparar hospitais e leitos. Entendemos também que a reabertura tem de ser gradual, mas acreditamos que o produto que o nosso segmento gera é a saúde da população", afirma Thais Yeleni.
Ela ressalta que doenças como hipertensão, diabetes e fatores de risco como a obesidade estão entre as principais causas de mortes no mundo e que a prática de atividade física é a recomendação para melhorar todos esses quadros e evitar o agravamento caso se contraia outras doenças, entre elas a covid-19. "Agor, veio esse vírus e mostrou de forma mais cruel (os riscos do sedentarismo)", finaliza a presidente do sindicato.

Protocolo

Um protocolo de reabertura deve ser adotado por todas as academias no DF. Entre as medidas de prevenção a infecções, estão marcação no chão de distância mínima entre cada pessoa e aferição de temperatura. Por enquanto, haverá limitação para o acesso de pessoas acima de 60 anos, grupo de maior risco para a covid-19.
Confira o protocolo, que é assinado por Sindac-DF, Ascad Brasil, Sinn e CREF7-DF:
[FOTO1605735]

Tags

Os comentários não representam a opinião do jornal e são de responsabilidade do autor. As mensagens estão sujeitas a moderação prévia antes da publicação