Cidades

Domingo no Eixão do Lazer volta à rotina dos brasilienses

Avenida foi reaberta, na quinta-feira (11/6), para prática de atividades físicas e recreativas, após dois meses de suspensão

Correio Braziliense
Correio Braziliense
postado em 14/06/2020 17:29
Avenida foi reaberta, na quinta-feira (11/6), para prática de atividades físicas e recreativas, após dois meses de suspensãoMais de 60 dias depois, os brasilienses reviveram o bom e velho domingo no Eixão do Lazer. Pessoas ocuparam as pistas da avenida e aproveitaram para praticar atividades físicas, respirar ar puro, ou simplesmente estender a canga no gramado para tomar um pouco sol, depois de tanto tempo dentro de casa.

Morador da Asa Sul, o militar Marcelo Melo, 42 anos, deixou o apartamento com a família para caminhar, na manhã deste domingo (14/6). Nem o sol das 12h foi motivo para impedir o programa ao ar livre. ;Morava em Águas Claras e me mudei pra Asa Sul logo quando houve o fechamento. Então, estou achando a volta excelente porque é um local de espaço aberto, tem muito verde e há a possibilidade do distanciamento entre as pessoas. É bem importante para a saúde física e psicológica da minha família;, disse.

Morador de Águas Claras, o servidor público Alexandre Botelho, 57 anos, optou por voltar às origens. Ex-morador da Asa Sul, ele aproveitou a reabertura do Eixão para praticar corrida. ;Essa abertura foi bem legal para o pessoal voltar a fazer atividade física e tomar sua vitamina D, com os cuidados devidos, claro. Procurei esse horário de meio-dia, justamente por saber que, com o sol mais forte, estaria um pouco mais vazio;, afirmou.

Para ele, os frequentadores do Eixão têm respeitado as medidas de segurança para evitar contaminações pelo coronavírus. ;As pessoas se cruzam mais afastadas. A grande maioria está de máscara. Alguns poucos retiram a proteção, rapidamente, porque ela realmente limita a capacidade de respirar durante a atividade física. Mas a grande maioria está respeitando as regras;, pontuou.

Retorno

O Eixão do Lazer voltou à rotina dos brasilienses, após dois meses de suspensão. A proibição do funcionamento ocorreu em abril deste ano, poucos dias após o primeiro diagnóstico positivo para o novo coronavírus no DF, em 4 de março.

O Governo do Distrito Federal (GDF) liberou o retorno das atividades na avenida, para recreativas e esportivas ao ar livre, desde a quinta-feira (11/6), no feriado de Corpus Christi. No primeiro dia, o Correio flagrou movimento intenso na via, pessoas sem máscaras ou utilizando o equipamento de proteção de forma indevida ; o descumprimento pode gerar multa de R$ 2 mil para pessoa física e R$ 4 mil para estabelecimentos.

W3 Sul

Uma das mais tradicionais avenidas da capital, a W3 Sul também passou a ser utilizada para a prática de atividades físicas e recreativas. A novidade começou a valer também na quinta-feira (11/6) e passa figurar como opção de lazer para os brasilienses, aos sábados, domingos e feriados. Com a iniciativa, a via fica bloqueada, nestas ocasiões, para os automóveis, entre as quadras 502 e 516 Sul, das 6h às 17h.

Moradores da 307 sul, o empresário Gustavo Nolasco, 31 anos, e sua filha, Lara, 6 anos aprovaram a medida. ;Nessa época de pandemia, estávamos tendo que nos virar em casa. Então, achei muito legal a abertura da W3 para a gente se divertir um pouco. Aqui, aos fins de semana, parece morto. Você dar vida para o local, de uma forma que a população consiga utilizar para fazer exercícios, principalmente neste período, é fantástico;, disse.

Tags

Os comentários não representam a opinião do jornal e são de responsabilidade do autor. As mensagens estão sujeitas a moderação prévia antes da publicação