Cidades

Preço do gás de cozinha vai aumentar: terceiro reajuste em menos de 30 dias

A nova correção, de 5%, passou a valer a partir da meia noite desta sexta-feira (19/6)

Caroline Cintra
postado em 19/06/2020 11:45
De acordo com o Sindicato das Empresas Transportadoras e Revendedoras de Gás do DF (Sindvargas-DF), o reajuste foi anunciado pela Petrobras, devido a oscilação do mercado internacional e do dólarO preço do gás de cozinha sofreu mais um reajuste de 5%. Esse é o terceiro aumento no valor do produto, em menos de 30 dias, no Distrito Federal. Somando tudo, a correção teve um aumento de 15%. O mais atual entrou em vigor à meia noite desta quarta-feira (19/6). Os primeiros ocorreram em 23 de maio e 5 de junho.

De acordo com o Sindicato das Empresas Transportadoras e Revendedoras de Gás do DF (Sindvargas-DF), o reajuste foi anunciado pela Petrobras, devido a oscilação do mercado internacional e do dólar. A medida foi adotada em todo o país. ;Entendemos a política de preços adotada pela estatal;, disse o representante da categoria, Sérgio Costa.

[SAIBAMAIS]No entanto, o sindicato é contrário à correção. ;Estamos em meio a uma pandemia, que está afetando diretamente mais as família carentes. Esse impacto ao consumidor será avaliado nos próximos dias. Foram três reajustes em menos de 30 dias, no total de 15%. Estamos no meio de uma crise sem precedentes;, ressalta o presidente do Sindvargas-DF.

Sérgio explicou ainda que cada revendedora de gás vai avaliar seus custos operacionais e, de acordo com seus estoques, analisar os impactos e determinar o seu valor. Vale lembrar que o reajuste dos combustíveis é livre, respeitando os direitos dos consumidores;, disse.

De acordo com uma pesquisa da Agência Nacional do Petróleo, Gás Natural e Biocombustíveis (ANP), O preço médio do gás de cozinha no DF, é de R$70,16. Podendo variar entre R$ 63,99 e R$ 95.


Tags

Os comentários não representam a opinião do jornal e são de responsabilidade do autor. As mensagens estão sujeitas a moderação prévia antes da publicação