Cidades

Pais de bebê encontrado morto em quarto de hotel são liberados

Filha mais velha do casal continua em abrigo, segundo Conselho Tutelar

Jaqueline Fonseca
postado em 06/07/2020 17:32
 (foto: Ana Rayssa/CB/D.A Press)
(foto: Ana Rayssa/CB/D.A Press)
A família morava há ao menos um mês no quarto do hotelOs pais da criança encontrada morta em um quarto de hotel na última sexta-feira (3/7) foram soltos, segundo informou a Polícia Civil do Distrito Federal. O casal foi posto em liberdade provisória após audiência de custódia realizada neste sábado (4/7).

A mãe, de 31 anos, e o pai, de 29, são suspeitos de maus-tratos com resultado de morte. Na manhã da última sexta-feira, os pais do recém-nascido e de uma menina de pouco mais de 1 ano acordaram e perceberam que o bebê não se mexia. Eles chamaram o gerente do hotel, que acionou o Corpo de Bombeiros e a Polícia Militar.

Segundo o subtenente Eduardo Lima, que atendeu a ocorrência, há pelo menos um mês a família vivia neste quarto em condições insalubres. O bebê encontrado morto faria 30 dias no último domingo. Segundo a mãe relatou ao 2; Conselho Tutelar (Ceilândia), a criança não chegou a ser registrada.

Mesmo com os pais soltos, a criança mais velha segue sob os cuidados do Estado. Os conselheiros responsáveis pelo caso continuam procurando uma tia, indicada pela mãe das crianças como parente mais próxima, para verificar se ela possui o certidão de nascimento da criança mais velha e se tem condições de cuidar da menina.
Essa parente moraria na região do Pombal, em Planaltina. Por enquanto, a criança está em uma casa de passagem, antes de ser enviada a um lar acolhedor, caso a Justiça determine o afastamento definitivo da família biológica.

Tags

Os comentários não representam a opinião do jornal e são de responsabilidade do autor. As mensagens estão sujeitas a moderação prévia antes da publicação