Cidades

Apreensão de drogas em três operações passa de meia tonelada

Em uma das ações, um dos acusados tentou fugir da abordagem da Polícia Rodoviária Federal (PRF) e capotou o veículo na DF-290

Sarah Peres
postado em 18/07/2020 07:00
Drogas sobre uma mesaOperações contra o tráfico de drogas realizadas pelas forças de segurança na capital federal resultaram em apreensões superiores à meia tonelada de entorpecentes e na prisão de nove suspeitos. Em uma das ações, um dos acusados tentou fugir da abordagem da Polícia Rodoviária Federal (PRF) e capotou o veículo na DF-290, próximo à Ponte Alta do Gama. Ele levava 500kg de maconha de Goiás para o Distrito Federal. Os demais flagrantes ocorreram em São Sebastião, Ceilândia e Sobradinho 2.

No caso da Ponte Alta, policiais rodoviários federais perseguiram um motorista, de 39 anos, que se negou a parar em um ponto de abordagem da corporação, na BR-060, na região do Engenho das Lages. O condutor do Ford Focus preto acelerou em direção ao Gama, pela DF-290, por cerca de 20km, quando capotou. O automóvel parou com as rodas para cima, fora da rodovia.

O suspeito tentou fugir por uma área de cerrado, mas foi preso pela PRF. Como houve um princípio de incêndio no automóvel, três equipes do Corpo de Bombeiros auxiliaram a operação da PRF. Após conter as chamas, os militares viraram o carro e, com um equipamento especial, abriram o porta-malas. Ali, havia meia tonelada de maconha embalada em tabletes.

O suspeito recebeu atendimento médico e, depois, foi encaminhado para a Coordenação de Repressão às Drogas (Cord) da Polícia Civil, onde foi autuado por tráfico de drogas. Também na noite de quinta-feira, a PCDF realizou duas operações, por meio da 24; Delegacia de Polícia (Setor O, em Ceilândia) e da 35; DP (Sobradinho 2). A primeira, chamada de Fim da Linha, resultou na prisão de três homens por tráfico interestadual de drogas e associação para o tráfico. Os suspeitos foram detidos em uma casa de Ceilândia, no momento em que desmontava uma caminhonete Toyota Hillux, onde havia 50kg de pasta-base para a produção de cocaína. O entorpecente vinha de Rondônia e está avaliado em R$ 1 milhão.

Com a posterior venda, os acusados lucrariam R$ 3 milhões, segundo a polícia. A segunda operação da noite terminou com a apreensão de 400g de crack, 2g de cocaína, R$ 550, um celular, uma máquina de cartão e um veículo usado para a venda das drogas. O suspeito comprava as substâncias em Planaltina de Goiás e revendia em Sobradinho 2. Agentes monitoravam o acusado, que recebia ordens de uma quadrilha comandada por um traficante que cumpre pena em Goiás.

Foragido

Na manhã de ontem, agentes da 30; DP (São Sebastião) deflagraram a Operação Blue Vest, com o objetivo de prender um foragido da Justiça, de 27 anos. O suspeito tinha um mandado de prisão preventivo expedido contra ele, por um homicídio cometido em 1; de dezembro de 2019, em São Sebastião. Ao encontrarem o acusado, os policiais identificaram um ponto de tráfico de drogas no local da detenção. Ali, havia outras duas pessoas, um jovem de 18 anos e uma mulher de 24. O trio é suspeito de vender entorpecentes na região. Os agentes apreenderam 1,8kg de maconha, uma balança de precisão, R$ 1,1 mil, uma pistola calibre 9 milímetros, além de dois carregadores municiados com sete projéteis.

Tags

Os comentários não representam a opinião do jornal e são de responsabilidade do autor. As mensagens estão sujeitas a moderação prévia antes da publicação