Cidades

Vacina contra covid-19 ainda não chegou aos centros de pesquisa, como a UnB

Em entrevista nesta segunda, João Doria afirmou que população será imunizada até janeiro de 2021. Contudo, centros de pesquisa, como a UnB, ainda estão sem previsão para receber o material

ROBERTA PINHEIRO
Roberta Pinheiro
postado em 27/07/2020 21:56
vacina contra covid-19O governador de São Paulo, João Doria, afirmou que a vacina contra o novo coronavírus desenvolvida pelo Instituto Butantan em parceria com a chinesa Sinovac deve ser distribuída em janeiro de 2021 gratuitamente. Além disso, garantiu que, em abril do ano que vem, será possível realizar grandes eventos com a segurança e a tranquilidade da imunização, em entrevista à Rádio Itatiaia nesta segunda-feira (27/7). No entanto, a Universidade de Brasília (UnB), uma das participantes do ensaio clínico nacional para testar a eficácia da CoronaVac, ainda não tem previsão para receber o material.

Ao Correio, a Secretaria de Comunicação da instituição informou que o Hospital Universitário de Brasília (HUB) está organizando a estrutura física. Contudo, os profissionais de saúde que participarão do teste ainda não foram selecionados. Provavelmente, a seleção terá início quando da chegada da vacina ao DF, ;que ainda no tem data prevista também;.


CoronaVac

Autorizada pela Agência Nacional de Vigilância Sanitária (Anvisa) e coordenada pelo Instituto Butantan em parceria com a farmacêutica chinesa Sinovac Biotech, a fase três dos ensaios clínicos para testar a eficácia e a segurança da vacina tiveram início em 20 de julho. Ao todo, a vacina será aplicada em 9 mil voluntários em 12 centros de pesquisas de seis unidades da Federação.
Na UnB, a expectativa é incluir, aproximadamente, 850 participantes voluntários, sendo eles profissionais de saúde maiores de 18 anos, saudáveis e que não tenham sofrido infecção assintomática ou a doença causada pelo Sars-CoV2.

De acordo com informações do Instituto Butantan, as avaliações tiveram início na semana passada no Hospital das Clínicas, em São Paulo, onde está sendo adequado um protocolo que deverá ser usado como exemplo nos outros centros de pesquisa. A convocação dos participantes voluntários está programada para começar ainda neste mês, após a aprovação ética ser obtida em cada local clínico.

Tags

Os comentários não representam a opinião do jornal e são de responsabilidade do autor. As mensagens estão sujeitas a moderação prévia antes da publicação