Cidades

Regiões do Guará ao Plano Piloto ficam sem água até 8h de quarta-feira

Suspensão de serviço afeta Guará, Sudoeste, Octogonal, Cruzeiro e SIA e ocorre devido a obras da Caesb na área, que começaram nesta terça-feira (27/7)

Tainá Seixas
postado em 28/07/2020 18:00
Reservatório está sendo substituído e serviço de abastecimento tem sido afetado nos últimos mesesObras de manutenção da estrutura de distribuição de água da Companhia de Saneamento Ambiental do Distrito Federal (Caesb) deixam regiões no Guará, Sudoeste, Octogonal, SIA e Cruzeiro sem água. A suspensão do serviço começou às 8h desta terça-feira (27/7) e o abastecimento deve ser retomado às 8h de quarta-feira (28/7).
As obras são para fazer a interligação da unidade de bombeamento aos novos reservatórios de água do Plano Piloto, que desativará, definitivamente, o antigo reservatório da Estação de Tratamento de Água (ETA). Em caso de emergências, as unidades de saúde das regiões administrativas serão atendidas por meio de serviços de caminhão-pipa. De acordo com a Caesb, cada posto terá uma caixa d;água à disposição, com volume mínimo correspondente ao consumo médio diário de água.

Confira abaixo as áreas que estão, temporariamente, sem água:

Guará (toda a região)
Guará I, Guará II, Setor Habitacional Lúcio Costa, Expansão do Guará, SOF do Guará; Carrefour, Setor Park Sul, Superquadra Park Sul (SQPS); Setor de Garagens e Concessionárias de Veículos (SGCV), Setor de Oficinas Sul (Sofs), todo o Setor de Múltiplas Atividades Sul (Smas), Metrô-DF ; Park Shopping, Leroy Merlin, Extra Hipermercado, CasaPark, Florida Mall, Superquadra Brasília (SQB), Colônia Agrícola Águas Claras (Caac) / Chácaras; Colônia Agrícola Bernardo Sayão (Cabs); Colônia Agrícola Iapi.
Plano Piloto
Setor de Garagens Oficiais (SGO), Setor de Indústrias Gráficas (SIG), Setor de Abastecimento e Armazenamento Norte (Saam); Setor Militar Urbano (SMU), exceto o Hospital Militar de Área de Brasília (Hmab); todo o Regimento de Cavalaria e Guarda (CGD), inclusive o Batalhão da Guarda Presidencial (BGP); todo o Setor de Múltiplas Atividades Norte (Sman); todo o Setor de Oficinas Norte (Sofn); todo o Setor Policial Sul (SPS; todo o Setor de Administração Municipal (SAM), inclusive TCB, SLU, TCDF, MPDFT, Palácio do Buriti e TJDFT, Centro de Convenções e Torre de TV; Setor de Grandes Áreas Sul (SGAS) 901 a 908; Setor Habitacional de Casas Geminadas Sul (SHCGS) 702 a 708,; Comércio Local Sul (CLS) 702 a 708; Administração do Parque da Cidade; Instituto Médico Legal (IML); todo o Setor Recreativo Parque Norte; Parque Ferroviário de Brasília (Rodoferroviária); todo o Setor Policial (SPO ); todo o Setor Terminal Sul (STS).
Cruzeiro
Cruzeiro Novo, Setor Residencial Interno ; SRI e Octogonal.
Sudoeste
Toda a localidade, incluída a área do Instituto Nacional de Meteorologia (Inmet).
SIA
Toda a localidade, exceto o Setor de Inflamáveis (SIN).


Desativação do reservatório

O reservatório da Estação de Tratamento de Água de Brasília será desativado, após 60 anos de uso, por ter chegado ao final de sua vida útil. Para substituí-lo, estão sendo erguidos reservatórios metálicos de 15.000 m; cada. Com isso, a capacidade do reservatório passará de 20.000m; para 30.000m;.
O investimento da obra é de R$ 35 milhões e está sendo feita com recursos do Banco Interamericano de Desenvolvimento (BID). Iniciada em fevereiro de 2019, a obra começou com a construção dos reservatórios metálicos de aço carbono.
Para mais informações sobre falta de água em cada região, os usuários da Caesb podem entrar em contato com a companhia pelos seguintes canais: telefone 125, site da companhia e aplicativos para sistema IOS e Android.

Tags

Os comentários não representam a opinião do jornal e são de responsabilidade do autor. As mensagens estão sujeitas a moderação prévia antes da publicação