Cidades

Três adolescentes do sistema socioeducativo estão infectados pela covid-19

Segundo a Secretaria de Justiça e Cidadania, a suspeita é de que um dos internos tenha se contaminado durante as saídas aos fins de semana ou para o trabalho

Darcianne Diogo
postado em 03/08/2020 22:26
Adolescentes na unidade de internaçãoTrês adolescentes do sistema socioeducativo do Distrito Federal estão infectados pelo novo coronavírus, sendo que um deles se recuperou da doença, segundo informou a Secretaria de Justiça e Cidadania (Sejus). Os jovens são lotados na Unidade de Internação de Saída Sistemática (Uniss) ; local destinado aos socioeducandos que estão em fase final da medida socioeducativa.

De acordo com a pasta, a suspeita é de que um dos adolescentes tenha se contaminado durante as saídas aos finais de semana ou para o trabalho, uma vez que na Uniss os internos podem realizar atividades fora da unidade. Ressaltou, ainda, que as outras unidades de internação permanecem sem casos confirmados da covid-19.

Para conter o avanço da doença no sistema socioeducativo, a Sejus adotou algumas medidas de prevenção, como a desinfecção e sanitização de todas as unidades; a intensificação dos procedimentos de higiene de utensílios, equipamentos e ambientes de convivência dos adolescentes, principalmente de áreas de maior contato manual, tais como maçanetas, grades, teclados e corrimões; a suspensão temporária da entrada de visitantes; além da criação de um protocolo para a quarentena e isolamento dos internos recém-ingressos.

Papuda

No Complexo Penitenciário da Papuda, o número de detentos infectados chegou a 1.706 nesta segunda-feira (3/8), segundo dados da Secretaria de Saúde. Desses, 1.681 estão recuperados e há 22 casos ativos.

O sistema prisional registrou, até o momento, quatro mortes em decorrência da covid-19, sendo três presidiários e um policial penal. Todos ficaram internados no Hospital Regional da Asa Norte (Hran) ; unidade referência no tratamento do novo coronavírus.

Apesar disso, a Secretaria de Administração Penitenciária (Seap) pretende retomar com as visitas presenciais na Papuda no fim de agosto. As visitas estão suspensas desde 11 de março, conforme determinação do GDF para conter o avanço da doença.

Tags

Os comentários não representam a opinião do jornal e são de responsabilidade do autor. As mensagens estão sujeitas a moderação prévia antes da publicação