Cidades

Lacen muda protocolo e busca realizar 1,5 mil análises de covid-19 por dia

Processamento dos exames RT-PCR teve queda de cerca de 500 exames diários, por conta da dificuldade em adquirir insumos, mas novo protocolo vai aumentar produtividade

Correio Braziliense
Correio Braziliense
postado em 04/08/2020 11:33
Novo protocolo não tem necessidade inicial de equipamentos automatizadosO Laboratório Central de Saúde Pública do Distrito Federal (Lacen-DF) desenvolveu um novo protocolo para detecção molecular do novo coronavírus em exames do tipo RT-PCR. Antes, havia dificuldade de realizar uma quantidade significativa de exames, pois eram necessários kits para extração automatizada de ácidos nucleicos, disputados mundialmente. Agora, a equipe de Biologia Molecular trabalha com uma nova técnica que não depende desses insumos.

;O funcionamento é semelhante à extração automatizada, porém sem a necessidade inicial de equipamentos automatizados. Neste protocolo, determinado volume do reagente de extração é pipetado em placa de PCR, seguido da adição da amostra. Essa placa passa por uma etapa de variação de temperatura em termobloco e gelo, sendo posteriormente submetida à RT-PCR;, divulgou a Secretaria de Saúde.

O protocolo busca diminuir os custos da análise e otimizar o tempo de resposta dos procedimentos. Com a falta dos kits anteriormente necessários, a capacidade de processamento dos exames RT-PCR chegou a cair de 850 exames por dia para 350 exames diários. Agora, o Lacen estima que sejam obtidos mais de 1,5 mil análises de PCR diariamente, com uma média de mil exames de RT-PCR por dia.

;Trabalhamos com uma parte da solução de transporte do swabs, da qual fazemos extração direta e posterior detecção da presença ou não do vírus Sars-CoV-2. Essa técnica permite um resultado mais rápido e com menor custo. Nosso objetivo é manter esse protocolo em andamento mesmo quando o recebimento dos insumos estiver regularizado, já que isso vai possibilitar que possamos realizar muito mais análises diárias e em menor tempo. O objetivo do Lacen-DF é um só: atender todos com a máxima qualidade e celeridade sempre;, detalha o gerente de Biologia Médica do Lacen, Fabiano Costa.

Tags

Os comentários não representam a opinião do jornal e são de responsabilidade do autor. As mensagens estão sujeitas a moderação prévia antes da publicação