Cidades

Após cirurgia e diagnóstico de câncer, estrangeira vence a covid-19

A paciente de São Tomé e Príncipe, na África, descobriu câncer de estômago quando veio ao Brasil para visitar o filho, em dezembro de 2019. Durante o tratamento, contraiu covid-19

Correio Braziliense
Correio Braziliense
postado em 05/08/2020 22:22
Após oito dias de internação devido ao coronavírus, Maria Quaresma de 64 anos recebe alta hospitalarMaria Quaresma da Cruz Pimentel Neto, 64 anos, é mais uma paciente idosa da rede pública de saúde do Distrito Federal que venceu a covid-19. Oriunda de São Tomé e Príncipe, país localizado no continente africano, recebeu alta na última terça-feira (4/8), após ficar internada durante oito dias no Hospital de Base do DF (HBDF).
Em dezembro de 2019, Maria Quaresma veio visitar o filho Julwaity Cardoso Neto, 37, que é professor e mora há 15 anos no Brasil, atualmente em Taguatinga. Durante a estadia, ela aproveitou para fazer um check-up na saúde, quando descobriu que precisava fazer uma cirurgia para retirada da vesícula e ainda recebeu um diagnóstico de câncer no estômago.
Julwaity relata que a mãe estava se recuperando bem, mas a são tomense começou a tossir bastante, logo a suspeita foi levantada e, mais tarde, Maria Quaresma testou positivo para covid-19.
Além do tratamento para o coronavírus, a estrangeira faz o acompanhamento do câncer no Hospital de Base. O filho elogiou o atendimento oferecido à mãe na unidade hospitalar. ;O atendimento aqui é excelente. Essa conta foi paga com seus impostos e contribuições sociais;, ressalta o professor.


Tags

Os comentários não representam a opinião do jornal e são de responsabilidade do autor. As mensagens estão sujeitas a moderação prévia antes da publicação