Publicidade

Correio Braziliense

Veja como serão os hotéis espaciais que o voo da SpaceX tornará possíveis

O envio de astronautas para a Estação Espacial Internacional por uma empresa privada é o pontapé inicial de um novo setor de negócios: o turismo epsacial, que terá até hotéis de luxo com vista para Terra


postado em 28/05/2020 17:23 / atualizado em 28/05/2020 17:29

A Estação Espacial Von Braun promete quartos de luxo e gravidade artificial(foto: Divulgação)
A Estação Espacial Von Braun promete quartos de luxo e gravidade artificial (foto: Divulgação)
Já pensou passar umas férias fora da Terra? Parece coisa de filme, mas está cada vez mais próximo de ser uma realidade. O tão aguardado voo da nave Crew Dragon, da empresa SpaceXque ocorreria na quarta-feira (27/5), mas acabou adiado devido ao mau tempo, promete ser um importante passo rumo ao turismo espacial

Se tudo der certo, esta será a primeira vez que um veículo particular levará astronautas até a Estação Espacial Internacional (ISS). E com a entrada da iniciativa privada no ramo dos voos espaciais, a exploração comercial do setor terá dado o pontapé inicial. 

A ideia é que viagens espaciais deixem de ser exclusividade de astronautas e, apostando na tendência, diferentes iniciativas planejam construir hotéis no espaço, com cabines e até quartos de luxo com "vista para a Terra".

Não é possível garantir quais dessas ideias realmente sairão do papel, mas os projetos já apresentados dão uma boa ideia de o que empresários, arquitetos e engenheiros têm em mente para os hotéis espaciais.

Ver galeria . 13 Fotos Projeto da Estação Espacial Von BraunThe Gateway Foundation/ reprodução
Projeto da Estação Espacial Von Braun (foto: The Gateway Foundation/ reprodução )

O cinco estrelas mais perto das estrelas

Uma das iniciativas que entrou na corrida do turismo espacial é a The Gateway Foundation, autora de um dos mais ambiciosos projetos do tipo: a Estação Espacial Von Braun. Batizada com o nome do polêmico engenheiro alemão Wernher von Braun — que, após trabalhar para os nazistas, ajudou os Estados Unidos a erguer a Nasa —, a estação pretende ser um verdadeiro hotel 5 estrelas em órbita da Terra.

Com capacidade de acomodar até 100 turistas, o projeto prevê gravidade artificial para que os hóspedes caminhem normalmente, como nos filmes de ficção científica. O design prevê ainda o formato de uma roda de 190 metros de diâmetro, que será inaugurada em 2025. A conferir. 

Para se sentir um astronauta

Já a Orion Span lançou há alguns anos o projeto da Estação Aurora, incialmente prevista para ser inaugurada no fim de 2021 para que os hóspedes chegassem já em 2022.

A estação é mais modesta que o hotel Von Braun e se assemelha mais à Estação espacial Internacional. Os hóspedes flutuarão em um espaço bem menor, de 13,3m por 4,3m, a 320km acima da Terra.
A estrutura, disse o fundador da Orion Span, Frank Bunger, garantiria preços mais "acessíveis", o que significa desembolsar US$ 9,5 milhões para uma estada de 12 dias. Mas calma, a passagem está incluída! 

Chalés espaciais

O plano da Bigelow Aerospace é construir o Módulo de Atividade Expansível Bigelow (BEAM), que consiste em uma linha de "estações espaciais totalmente autônomas e conectadas", como "chalés" individuais. "Essas estruturas únicas que abrigam seres humanos permanentemente serão as maiores e mais complexas estruturas já conhecidas como estações para uso humano no espaço", declarou a empresa.  

Hotel da Nasa? 

Em janeiro deste ano, a Axiom Space, responsável pela SpaceX, foi escolhida pela Nasa para construir um hotel na Estação Espacial Internacional (ISS). O projeto ficaria pronto em 2024. A ideia não é bem que o espaço seja usado para o turismo, mas sim para que astronautas representantes de empresas possam ir até a Estação Espacial. Para isso, eles teriam que desembolsar cerca de US$ 35 mil por dia. 

Os comentários não representam a opinião do jornal e são de responsabilidade do autor. As mensagens estão sujeitas a moderação prévia antes da publicação

Publicidade