Publicidade

Correio Braziliense

Após acusações, Pabllo Vittar nega ter destratado garçons de restaurante

Notícia que circulou nesta quarta-feira (7/2) afirma que a drag queen deu um escândalo no local


postado em 08/02/2018 17:57

(foto: Reprodução/Facebook)
(foto: Reprodução/Facebook)

Nesta quarta-feira (7/2), circulou na internet uma notícia de que Pabllo Vittar teria dado um escândalo em um restaurante em São Paulo, além de ter proibido os garçons do local de olharem para ela. Por meio do recurso stories do Instagram, a drag queen desmentiu a informação e fez um desabafo. "Minhas filhas, ontem, estava em alto mar, no navio, e li uma notícia que eu estava em um restaurante aqui em São Paulo dando piti, que eu proibi os garçons de me olharem enquanto eu fazia pedido", afirmou a cantora. 



"Bicha, a senhora está sem pauta, né. Pelo amor de Jesus Cristo, vai lavar uma roupa, mulher", afirmou, irritada. A fala da drag queen é direcionada à jornalista Fabíola Reipert, que apresenta o quadro A hora da venenosa, no programa Balanço geral, da Record TV. De acordo com ela, a drag queen estava em um restaurante - que não teve o nome divulgado - na noite da última terça-feira (6), quando começou a fazer exigências para o gerente e proprietários do estabelecimento. 

Ainda no Instagram, Pabllo desafiou Fabíola a mostrar as imagens do suposto ocorrido. "Cadê os vídeos? Eu quero vídeo e testemunha. Bicha, vocês são podres, vão lavar uma roupa!", finalizou a cantora que está em um ótimo momento da carreira. Recentemente, ela lançou o clipe da música Então vai, com o norte-americano Diplo, e participou do clipe Paraíso, do cantor Lucas Lucco. A cantora ainda será destaque da escola de samba Beija-Flor de Nilópolis no carnaval da Marquês de Sapucaí, no Rio de Janeiro.

Os comentários não representam a opinião do jornal e são de responsabilidade do autor. As mensagens estão sujeitas a moderação prévia antes da publicação

Publicidade