Publicidade

Correio Braziliense

Ator de 'Gossip girl é acusado de escravizar garota sexualmente

Esta é a quarta acusação de estupro contra Ed Westwick, conhecido por viver o personagem Chuck em 'Gossip girl'


postado em 08/03/2018 16:50 / atualizado em 08/03/2018 16:54

O ator Ed Westwick teria prendido uma jovem estilista por dois e a feito refém sexual(foto: Reprodução/Internet)
O ator Ed Westwick teria prendido uma jovem estilista por dois e a feito refém sexual (foto: Reprodução/Internet)

 
Após ser acusado de abuso sexual por duas atrizes em novembro de 2017, o ator Ed Westwick, famoso por interpretar o personagem Chuck em Gossip girl, está envolvido em outro escândalo. Desta vez, a estilista Haley Camille Freedman afirmou ter sido escravizada sexualmente por dois dias pelo artistas.

Ao site TMZ, a estilista alegou que o caso se deu em 2014 após uma festa na casa de Westwick, onde estava acompanhada por amigos. Depois que eles foram embora, Haley teria permanecido e feito sexo com o ator, até que deixou de ser consensual. 

Segundo a denúncia, Westwick pediu para que ela o estrangulasse, espancasse e cuspisse. Quando a jovem se negou, o ator passou a fazer os atos nela. Após cair no sono, o ator repetiu a violência, ao invadir o banheiro enquanto Haley tomava banho. 

Sem sinal de telefone ou saber onde estava, Haley afirma ter passado dois dias presa no apartamento, apesar do ator dizer que a levaria até o carro dela. Em vez disso, Westwick continuou a estuprá-la e agredi-la de outras formas. 

Ainda segundo as acusações, ela teria sofrido contusões e sangramentos na ocasião. O TMZ informou que Haley não está processando o ator e que teria tentado denunciá-lo aos veículos de comunicação, que não teriam comprado a história. 

Esta é a quarta vez que Westwick é acusado de violência sexual. A primeira veio da atriz Kristina Cohen em novembro do ano passado. No mesmo mês, a atriz Aurelie Wynn e a produtora Kaine Harling também se pronunciaram contra o ator. 

Os comentários não representam a opinião do jornal e são de responsabilidade do autor. As mensagens estão sujeitas a moderação prévia antes da publicação

Publicidade