Publicidade

Correio Braziliense

DJ Alok anuncia casamento com Romana Novais para 2019

O casal está junto desde 2014 e pretende selar a união em 2019, ainda sem data marcada para o casamento


postado em 25/07/2018 18:20 / atualizado em 25/07/2018 18:24

Os fãs começaram a desconfiar que o casal tinha noivado, após repararem que Romana estava usando um anel na mão direita, após fotos da viagem publicadas pelo DJ(foto: Great Assessoria/Divulgação )
Os fãs começaram a desconfiar que o casal tinha noivado, após repararem que Romana estava usando um anel na mão direita, após fotos da viagem publicadas pelo DJ (foto: Great Assessoria/Divulgação )

O DJ brasiliense Alok está na Grécia curtindo férias ao lado de Romana Novais e decidiu fazer uma surpresa para a amada: pedi-la em casamento. O noivado, que era especulado pelos fãs, foi confirmado na tarde desta quarta-feira (25/7), pela assessoria de imprensa do músico. O DJ teria feito o pedido oficial durante um passeio de iate.

 

"Alok subirá ao altar com Romana Novais em 2019 e os preparativos para o grande dia já começaram", afirmou a assessoria em nota. 

 

O pedido surge dois meses após Alok e Romana terem perdido o bebê que esperavam. Na época, a namorada do DJ estava com sete semanas de gestação. Em uma publicação no Instagram, o DJ demonstrou pesar pela perda do filho e homenageou a namorada. 

 

"Essa é a primeira vez que me manifesto em relação a notícia que vazou onde eu e a Romana estaríamos a espera do nosso primeiro bebê... E é com uma enorme dor no coração que venho comunicar que o nosso bebê não resistiu. Agradeço as inúmeras mensagens de carinho e apoio. O sentimento de pai permanece e meu amor por você aumenta Romana... Feliz dia das mães, minha guerreira. Te amo", disse Alok no Instagram. 

 

No mesmo mês, Alok Petrilo passou por outro grande susto, o avião em que o músico estava a bordo, perdeu o controle e derrapou na pista de decolagem, ficando a alguns metro de cair em uma ribanceira. 

 

“Quando saiu a notícia de que havia saído da pista, derrapado, a gente não tinha noção da gravidade. E não foi apenas um deslize. Por um metro e meio a gente não morreu. Ele começou a frear e a gente sabe que em Juiz de Fora tem uma ribanceira. E o avião freava. Eu ainda estou me recuperando. Eu nunca acreditei em milagres, até eu viver um”, revelou o DJ a um programa de televisão.  

Os comentários não representam a opinião do jornal e são de responsabilidade do autor. As mensagens estão sujeitas a moderação prévia antes da publicação

Publicidade