Publicidade

Correio Braziliense

Pesquisadora faz trabalho de recuperação da história do edifício do MAB

Maíra Oliveira Guimarães, doutoranda pela FAU/UnB, desenvolve pesquisa sobre a história do Museu de Arte de Brasília, desde 1958 até os dias atuais


postado em 09/04/2020 14:00

(foto: Carlos Vieira/CB/D.A Press)
(foto: Carlos Vieira/CB/D.A Press)

A pesquisadora, doutoranda pela faculdade de arquitetura e urbanismo da UnB, Maíra Oliveira Guimarães está desenvolvendo a pesquisa Antes arte do que tarde – o Museu de Arte de Brasília desde o anexo do Brasília Palace Hotel. No projeto, ela está levantando a história do edifício que, ao longo de 60 anos de vida, já foi restaurante, bar, boate, clube, casa de samba e, desde 1985, museu de arte. 

O local nasceu nos primeiros tempos da construção da capital federal, passou por vários períodos de abandono e atualmente está em reforma, com término previsto ainda para 2020.  Para recuperar a trajetória do museu, Maíra faz um convite aos brasilienses para que se integrem a ao trabalho. A partir desta sexta-feira (10/4) até 29 de maio, ela estará recebendo, digitalmente, material sobre a história do local. O resultado será publicado em obra a ser lançada em 2020 e com exemplares doados a seis bibliotecas públicas do DF.

A ideia da pesquisadora é que as pessoas dêem depoimentos, enviem fotografias, relatem curiosidades que permanecem desconhecidas. Por exemplo, recentemente a autoria do projeto do edifício foi reconhecida como sendo do alagoano Abel Carnaúba Accioly, arquiteto da Novacap durante a construção de Brasília e assistente pessoal de Oscar Niemeyer na década de 1960. Maíra chegou a viajar para Olinda para entrevistar Abel, hoje com 85 anos. 

A campanha para adesão dos brasilienses será divulgada nos perfis do projeto no Instagram e na fanpage do Facebook. Os materiais coletados poderão ser encaminhados para o email: mab.antesartedoquetarde@gmail.com.

Os comentários não representam a opinião do jornal e são de responsabilidade do autor. As mensagens estão sujeitas a moderação prévia antes da publicação

Publicidade