Diversão e Arte

Após polêmicas, Gusttavo Lima diz: 'não farei mais live pra ser censurado'

O artista está sendo acusado, pelo CONAR, de divulgar conteúdo irresponsável em potencial de consumo de bebidas alcoólicas. E ainda foi criticado sobre doações

Correio Braziliense
Correio Braziliense
postado em 16/04/2020 10:56
Cantor Gusttavo Lima
O cantor Gusttavo Lima usou as redes sociais para se manifestar sobre as críticas que recebeu após as duas lives feitas no YouTube. Primeiramente, o sertanejo foi acusado de fazer doações para famílias de um lixão inexistente no Goiás. Depois, foi alvo do Conselho Nacional de Autorregulamentação Publicitária (Conar), que abriu uma representação ética, em vista de irregularidades no consumo e na divulgação de bebidas alcoólicas durante as transmissões.

;Acho que o grande segredo da live é tirar o lençol do fantasma. Acho que uma live engessada e politicamente correta não tem graça. O bom são as brincadeiras, à vontade, levar alegria, alto-astral para as pessoas que estão agoniadas nesse momento. Não farei live pra ser censurado;, escreveu no Twitter. Mesmo assim, o sertanejo foi anunciado como o primeiro artista da live do festival Villa Mix em casa previsto para 3 de maio.




Já no Instagram, o sertanejo explicou que as doações recebidas por ele serão destinadas às famílias que vivem em situação de extrema vulnerabilidade socioeconômica em um aterro em uma cidade do interior de Goiás, onde existia um lixão anteriormente. ;Há mais de 700 famílias que estão em situação crítica, vivendo em condições desumanas ao lado do complexo prisional em Aparecida de Goiânia. Minha doação será a essas mais de 700 famílias em situação crítica... Nos próximos dias, carretas e carretas de alimento estarão chegando para essas pessoas;, compartilhou o artista.

Uma publicação compartilhada por (@gusttavolima) em


No fim do texto, ele ainda enfatizou que as críticas não ajudam em nada e podem ser evitadas. ;Aqueles que só criticam e não ajudam em nada, vai um conselho: não precisam ajudar, mas não atrapalhem quem está procurando ajudar nossos irmãos necessitados;, desabafou.

Irregularidade


[SAIBAMAIS]Segundo nota oficial do CONAR, nem a produção de Gusttavo Lima, nem a equipe responsável pela cervejaria Ambev, se atentaram à ;falta de mecanismo de restrição de acesso ao conteúdo das lives a menores de idade; e insistiu na ;repetida apresentação de ingestão de cerveja, em potencial estímulo ao consumo irresponsável do produto;.

A Ambev divulgou um comunicado oficial e afirmou que a empresa está ;reforçando as regras dado esse novo contexto de entretenimento virtual e estamos mais do que nunca comprometidos com o consumo responsável de nossos produtos". Em outra parte do comunicado assegurou que estão sendo enviadas orientações prévias aos artistas sobre as regras do Conar, em relação a bebidas alcoólicas. No entanto, explica que a ;live é de propriedade do artista, muitas vezes realizada em sua casa, o que representa um desafio;.

Tags

Os comentários não representam a opinião do jornal e são de responsabilidade do autor. As mensagens estão sujeitas a moderação prévia antes da publicação