Diversão e Arte

Com clipes gravados em casa, cantores criam tendência no audiovisual

Cantores apostam em videoclipes gravados em casa e criam tendência para a produção de conteúdo audiovisual em meio à quarentena

Geovana Melo*
postado em 21/06/2020 12:43
Marília Mendonça lançou o clipe da faixa 'Vira homem' As restrições de produção e de aglomeração em decorrência da pandemia do novo coronavírus não impediram a indústria musical de continuar trabalhando em conteúdos audiovisuais. No entanto, a cena adaptou-se e os videoclipes vêm sendo produzidos de forma inovadora no Brasil. Gravações que antes contavam com bailarinos, cenários grandiosos e figurinos extravagantes, ganharam outra roupagem, dessa vez, mais caseira e ;simplista;.
[SAIBAMAIS]Adaptando-se às mudanças, chegam também novas formas de produção que vão além da estética: o registro. Direção fotográfica e direção de arte por chamadas de vídeos; familiares operando câmeras até de celular; videoconferências conjuntas entre outras adaptações. As produções são caseiras, mas com ideias criativas e engenhosas que ganham mais qualidade com o advento da tecnologia. O tratamento maior fica por conta das edições e da pós-produção.
Lexa apostou na produção do clipe 'Largadão' de forma remota
;As empresas estão sendo desafiadas nesse momento e no mercado fonográfico não foi diferente. Acredito que limitações podem ser ingredientes para a criatividade. Na captação de clipes, por exemplo, estamos sendo desafiados na Som Livre a pensar em novos formatos de produção. Na minha opinião, a indústria fonográfica possui um papel muito importante nesse momento em que estamos vivendo, a música funciona para muitos como um conforto e também válvula de escape. Em breve teremos clipes feitos em animação, por exemplo, e estamos pensando em outros formatos que façam sentido dentro da trajetória musical dos nossos artistas;, conta Fernanda Bas, gerente de marketing da gravadora Som Livre.
Algumas tendências são percebidas nestes clipes produzidos em casa, como uso de chroma key, técnica de efeito visual que consiste em substituir uma imagem pela outra por meio do anulamento de uma cor padrão, geralmente sobre a cor verde.
Essas produções podem perder a qualidade quando comparadas com os grandes projetos de estúdio. Embora, não seja uma regra. ;Se, em alguns perde-se qualidade de imagem, ganha-se em criatividade e originalidade;, pontua Fernanda.

Ressignificar

Felipe Sassi, que dirigiu vídeos de Ludmilla, IZA, Lexa, Gloria Groove, Lia Clark e Duda Beat, entre outros cantores nacionais, também está trabalhando nesse momento de forma remota. ;Acredito que gravar em casa é apenas uma das soluções para esse momento de pandemia. A tendência é ressignificar os olhares e criar com o que está ao nosso alcance. Podemos ir por vários caminhos e nos redescobrirmos em novos formatos;, afirma. O diretor acabou de lançar o material do clipe de Canto de liberdade, do cantor pop Caio.
O single 'Incondicional' traz Gloria Groove dividindo as cenas e os vocais com a mãe, Gina Garcia
;Primeiro, conversei com Victor Alencar, diretor de fotografia, para saber se era possível gravar com o equipamento e a direção dele a distância. Depois, com Poliana Feulo, diretora de arte, sobre os elementos que precisávamos ter no clipe, como a lona e a gaiola de madeira. Por sorte, ela tinha ambos no acervo dela e assim seguimos com a ideia inicial;, relembra Sassi .

Confira alguns clipes que foram gravados em casa e fazem sucesso na internet:

  • Vira homem
Marília Mendonça lançou o clipe da faixa Vira homem, gravado com banda, mas cada integrante registrando das respectivas casas. A produção pensada durante a quarentena utilizou apenas câmeras de smartphones, com direção remota de Fernando Trevisan. ;Toda a produção musical foi definida por trocas de áudios no WhatsApp, e as orientações de como seriam as gravações fizemos por videochamada com o meu produtor, diretor e com os músicos da banda. Cada um na sua casa, com o próprio celular, mas toda a galera com o mesmo propósito;, garante Marília Mendonça. ;Nesse momento que a gente está em casa, só pensamos em fazer esse clipe para levar mais entretenimento para o público. A tecnologia é uma grande parceira nesse momento;, afirma.
A escolha de gravar com o celular fez parte do conceito de ser mais verdadeiro com o público, diretamente dos cômodos de casa. ;Para não pirar e parar completamente as nossas vidas e o nosso trabalho foi preciso pensar diferente, e a ideia do clipe de Vira homem, música que faz parte do repertório do projeto Todos os cantos, surgiu desse processo de criatividade e reinvenção;, completa a sertaneja.
[VIDEO1]
  • Vidas negras importam
O cantor Edi Rock, integrante do grupo Racionais MC;s, lançou a música-manifesto Vidas negras importam, acompanhada de uma produção audiovisual. A faixa busca denunciar o assassinato em série de negros por forças do Estado. O rapper usa o clipe para enfatizar as críticas da letra da canção.
;Venho trabalhando em meu novo álbum Origens ; Parte 2 há um tempo. Comecei ano passado e agora entendi que é o momento de compartilhar uma parte do que tem sido desenvolvido. A tecnologia está a nosso favor neste momento. As imagens que aparece no clipe, por exemplo, foram gravadas na minha casa e com o meu próprio celular;, explica Edi Rock.
[VIDEO2]
  • Largadão
Lexa apostou na produção do clipe Largadão de forma remota. A cantora não queria deixar de gerar conteúdo para o público neste momento de pandemia. Assim, o clipe e a faixa foram inspirados pelo auto isolamento. ;Decidi fazer uma música que fala sobre este período difícil, só que com uma abordagem leve. Aí, veio a ideia de gravar o clipe e o meu diretor me enviou todo o equipamento dele. Foi um clipe totalmente gravado em casa, mostrando o meu momento. Eu que coloquei a voz e gravei o clipe com a ajuda do meu diretor, Mess Santos, pelo Facetime e da minha família, que estava na minha casa;, destaca a artista.
Com uma pegada divertida, o clipe traz Lexa vestida com um pijama de tigresa; o marido, Guimê; a avó Conceição fantasiada com um macacão de porquinho e o chef Pedro, que cuida da alimentação do casal, fantasiado de unicórnio. O roteiro do clipe foi criado pela funkeira, e Pedro foi o responsável pelas filmagens. ;Aprendi a montar tripé e gravar voz. Tiveram quatro trocas de roupas, tudo do meu armário. Sou péssima fazendo cabelo, mas me virei e dei um jeito;, relembra.
[VIDEO3]
  • Sobre-humano
Chico César lançou o videoclipe da música Sobre-humano. Desta vez, a produção foi gravada à distância, com a presença de vários músicos por meio da gravação de áudio e vídeo, de forma totalmente remota. ;Eu fiz a música e postei nas redes sociais. Os músicos comentaram individualmente e nos ocorreu que fazer o vídeo poderia ser uma forma de encontro;, ressalta. ;Creio que cada um teve de buscar a energia do coletivo sem a presença dos outros. Os músicos ouviram minha versão no Instagram e tocaram sobre ela gravando áudio e vídeo ao mesmo tempo. Eu gravei a música sem saber que ela viraria um clipe coletivo. O acaso cuidou;, completa.
[VIDEO4]
  • Incondicional
A cantora Gloria Groove aproveitou o último Dia da Mães para lançar uma faixa acompanhada de vídeoclipe. O single Incondicional traz a artista dividindo as cenas e os vocais com a mãe, Gina Garcia. A drag queen assina a direção, a maquiagem e o roteiro em parceria remota com a produtora Kika Simões. O cenário ficou por conta de um fundo feito de 20 metros de cetim vermelho, comprado pela internet. ;A produção do clipe foi diferente de tudo. Um primeiro contato com a direção e concepção completamente feita em casa. Foi ao mesmo tempo a realização de um sonho e a descoberta de novas possibilidades;, declara Groove.

;Considerando que foi um clipe sem vários looks, coreografias e sets diferentes, com certeza foi mais fácil. Já considerando o tanto de funções que acumulei neste vídeo, em particular, diria que foi mais difícil. Tudo é uma questão de perspectiva;, pontua a cantora.

A produção também contou com registros informais do dia a dia das duas, o que torna o trabalho ainda mais sentimental. Gloria Groove acredita que as gravações feitas na quarentena perdem em alguns fatores quando comparadas aos trabalhos anteriores, gravados com uma equipe maior e em outros cenários. ;Sem dúvida os trabalhos feitos com equipe maior tem um approach mais cinematográfico. No entanto, acredito que Incondicional se destaca pelo caráter afetivo e pessoal, ou seja, ganha em outros aspectos;, destaca a artista.

Quanto às novas produções durante o período de auto-isolamento, a paulistana ainda não tem nada planejado. ;Nada certo ainda, mas definitivamente produziria mais conteúdo em casa. Foi uma experiência ímpar;.
[VIDEO5]
  • De Novo
Em decorrência do novo coronavírus, o rapper Xamã optou por adaptar um estúdio em casa e começar a produzir algumas músicas. Dentre essas composições, está De novo, que retrata as incertezas de um relacionamento que não conseguiu ser reatado antes do início da quarentena e tem que lidar com as incertezas do futuro. A canção chegou às plataformas em 12 de junho acompanhada de um registro audiovisual.

;Fizemos o clipe com San Diego Fernandes e todas a imagens foram 100% de dentro de casa com a minha rotina e meu figurino era roupa do dia a dia. Essa produção do clipe foi bem mais fácil, porque é como repetir o que eu faço todo dia;, ressalta Xamã.

Para o rapper o clipe com o formato caseiro foi um projeto simples e inovador, a dificuldade ficou por conta da ideia, como tudo deveria acontecer . ;Eu canto ouvindo a música, nenhuma vez olhando pra câmera. Isso também achei bem bacana, tudo ideia do San Diego;, pontua.
[VIDEO6]

Tags

Os comentários não representam a opinião do jornal e são de responsabilidade do autor. As mensagens estão sujeitas a moderação prévia antes da publicação