Publicidade

Correio Braziliense

Secretaria de Educação contratará quatro emissoras para exibir teleaulas

Nos próximos dias, portarias devem ser publicadas com as orientações quanto à jornada de trabalho durante as aulas não presenciais


postado em 01/06/2020 21:27

(foto: Fernando Lopes/CB/D.A Press)
(foto: Fernando Lopes/CB/D.A Press)
A Secretaria de Educação do DF (SEDF) entregou, depois de um período de consultas públicas, o "Plano de validação das atividades pedagógicas não presenciais" ao Conselho de Educação do DF na sexta-feira (29/5). Ainda não estão definidos os critérios para a atuação das equipes escolares, o que deve ser publicado nos próximos dias. 

O documento contém o eixo pedagógico do programa Escola em Casa DF e busca promover equidade e igualdade de condições a todos os estudantes da rede pública de ensino. Além das plataformas digitais, teleaulas, materiais impressos e outras ferramentas poderão ser usadas de acordo com o planejamento e a possibilidade das escolas e dos professores.  

A frequência dos alunos será contabilizada por meio da entrega de atividades on-line ou impressas, para os casos de estudantes que não tenho acesso ao ambiente virtual.  

Também serão contratadas quatro emissoras de televisão, com com sinal aberto em todo o DF, para transmissão de teleaulas ao vivo, apresentadas e produzidas por professores da secretaria, de segunda a sexta-feira, nos três turnos.
 
Será contratado ainda um estúdio para ministrar as teleaulas e um serviço de edição da programação veiculada ao vivo, para disponibilização no YouTube e na plataforma Google Sala de Aula. As teleaulas são destinadas à educação infantil, ao ensino fundamental, à educação especial e à educação de jovens e adultos (EJA). As transmissões à noite serão exclusivamente para a EJA.

A plataforma da Google, utilizada pelo ensino médio, será estendida a todas as etapas e modalidades. Estudantes e professores terão pacotes de dados gratuitos para acesso ao site da secretaria e à plataforma.

Ainda de acordo com o plano, as escolas deverão manter plantões para atendimento remoto aos estudantes, que poderão ser feitos pela plataforma ou outro canal, conforme as condições e especificidade de cada uma.



Os comentários não representam a opinião do jornal e são de responsabilidade do autor. As mensagens estão sujeitas a moderação prévia antes da publicação

Publicidade

MAIS NOTÍCIAS

publicidade
publicidade
publicidade
publicidade
publicidade
publicidade