Ensino_EnsinoSuperior

Faculdades brasileiras aparecem em ranking mundial de melhores MBAs

Na lista elaborada anualmente pela consultoria Quacquarelli Symonds, a líder mundial pelo terceiro ano consecutivo é a norte-americana Wharton School

Ana Luísa Santos*
Ana Luísa Santos*
postado em 01/07/2020 19:37
 (foto:  FIA/Reprodução)
(foto: FIA/Reprodução)
Duas instituições brasileiras aparecem no ranking das que oferecem os melhores programas de MBA executivo do mundo. A Fundação Instituto de Administração (FIA) e o Insper, ambos localizados em São Paulo, entraram na lista que é elaborada anualmente pela consultoria Quacquarelli Symonds (QS).

A FIA foi a 86ª melhor colocada do mundo na lista

A FIA é a que mais se destaca no cenário de instituições brasileiras que aparecem no ranking. Em 2019, a escola não aparecia entre as 100 melhores e, em 2020, ocupa a 86; posição globalmente. O Insper aparece na lista, mas continua fora dos 100 primeiros colocados, como em 2019.

No topo do ranking mundial, pelo terceiro ano consecutivo, está a Wharton School, que fica na Filadélfia, nos Estados Unidos.

Além da FIA, o Insper também aparece na lista dos melhores MBAs executivos do mundo

As melhores do ranking

A Wharton School segue a líder do ranking, no entanto, a instituição não atingiu a pontuação máxima em nenhuma das cinco métricas individuais usadas pela QS para compilar as classificações. Porém, as notas da Wharton School são altas nos cinco quesitos, o que torna a média final superior à das demais instituições.

Complementando as cinco primeiras colocações, a Wharton School é seguida pela IESE Business School (da Espanha), que subiu da quarta para a segunda; a Escola de Altos Estudos Comerciais de Paris (HEC de Paris), que subiu do quinto para o terceiro lugar; o MIT Sloan School of Management (nos EUA) e a London Business School, que caíram de posições, da segunda para a quarta e da terceira para a quinta classificações, respectivamente.

A pesquisa

A QS, conhecida por preparar rankings também de universidades, utiliza cinco grupos de métricas para compilar o ranking de melhores MBAs executivos do mundo, incluindo a reputação entre os empregadores, o de o MBA ser referência, o perfil executivo dos alunos, resultados nas carreiras dos estudantes e diversidade de gênero.

Diferentemente do MBA tradicional, que é, em suma, um mestrado em administração de negócios, com foco profissional e prático; o MBA executivo dá aos estudantes um nível a mais no mundo empresarial, preparando-os para assumir cargos de nível executivo.


*Estagiária sob supervisão da subeditora Ana Paula Lisboa

Tags

Os comentários não representam a opinião do jornal e são de responsabilidade do autor. As mensagens estão sujeitas a moderação prévia antes da publicação