Publicidade

Correio Braziliense

Trump vai à Flórida para encontro com familiares de vítimas de massacre

No pronunciamento, Trump prometeu esforços de seu governo para abordar a "difícil questão" da saúde mental


postado em 16/02/2018 13:43 / atualizado em 16/02/2018 16:03

Nessa quinta-feira (15/2), o presidente fez um pronunciamento à nação para se referir ao massacre(foto: Mandel Ngan/AFP)
Nessa quinta-feira (15/2), o presidente fez um pronunciamento à nação para se referir ao massacre (foto: Mandel Ngan/AFP)

 
Washington, Estados Unidos - O presidente dos Estados Unidos, Donald Trump, anunciou que irá à Flórida, nesta sexta-feira (16/2), para se reunir com familiares de vítimas e de sobreviventes do massacre registrado em um colégio na quarta-feira (14/2), com saldo de 17 mortos e 14 feridos.

"Sairei em breve para a Flórida hoje (sexta) para me encontrar com algumas das pessoas mais corajosas do planeta, pessoas cujas vidas foram totalmente destroçadas", disse o presidente em uma mensagem publicada no Twitter.

Nessa quinta-feira (15/2), o presidente fez um pronunciamento à nação para se referir ao massacre, antecipando que tinha "planos" de visitar a localidade de Parkland, onde fica a escola de Ensino Médio Marjory Stoneman Douglas, palco da tragédia.

Nesse polêmico pronunciamento, Trump prometeu esforços de seu governo para abordar a "difícil questão" da saúde mental, mas em nenhum momento fez referência à legislação que permite o acesso generalizado às armas de fogo.

Trump costuma passar os fins de semana em um resort de sua propriedade em Palm Beach, a cerca de 70 quilômetros da localidade de Parkland.

Os comentários não representam a opinião do jornal e são de responsabilidade do autor. As mensagens estão sujeitas a moderação prévia antes da publicação

Publicidade