Publicidade

Correio Braziliense

"Vamos ver o que acontece", diz Trump sobre a aproximação entre as Coreias

O governo sul-coreano afirmou que a Coreia do Norte estaria disposta a abandonar suas iniciativas nucleares, caso receba garantias de segurança dignas de crédito


postado em 06/03/2018 11:51

Os EUA são aliados da Coreia do Sul e o governo Trump tem argumentado por uma maior pressão sobre o regime de Pyongyang(foto: Mandel Ngan/AFP )
Os EUA são aliados da Coreia do Sul e o governo Trump tem argumentado por uma maior pressão sobre o regime de Pyongyang (foto: Mandel Ngan/AFP )

O presidente dos Estados Unidos, Donald Trump, fez uma declaração após mais cedo a Coreia do Sul divulgar que o presidente Moon Jae-in se reunirá no fim de abril com o líder da Coreia do Norte, Kim Jong-un. "Vamos ver o que acontece", disse apenas Trump, em uma mensagem no Twitter que acompanhava um link com uma notícia sobre o assunto.

O governo sul-coreano afirmou que a Coreia do Norte estaria disposta a abandonar suas iniciativas nucleares, caso receba garantias de segurança dignas de crédito, e também poderia negociar com os EUA sobre armas nucleares e a normalização das relações.

Os EUA são aliados da Coreia do Sul e o governo Trump tem argumentado por uma maior pressão sobre o regime de Pyongyang para que ele abandone seus programas nuclear e de mísseis.

Os comentários não representam a opinião do jornal e são de responsabilidade do autor. As mensagens estão sujeitas a moderação prévia antes da publicação

Publicidade