Publicidade

Correio Braziliense

Atleta que fingiu ter sido assaltado no Rio estará em Big Brother dos EUA

Nadador Ryan Lochte causou polêmica nas Olimpíadas do Rio ao fingir ter sido assaltado, quando na verdade vandalizou o banheiro em um posto de combustíveis


postado em 14/01/2019 18:25 / atualizado em 14/01/2019 18:25

(foto: Christophe Simon )
(foto: Christophe Simon )
Na semana em que começa o Big Brother Brasil, a rede americana de televisão CBS divulgou os participantes da segunda edição do Big Brother Celebrity Edition, e entre eles está Ryan Lochte. O nadador americano foi alvo de polêmicas nas Olimpíadas de 2016, no Rio, quando fingiu ter sido assaltado. O atleta foi desmascarado dias depois

A versão do reality é composta apenas por famosos e tem o formato semelhante ao BBB. Porém, na versão gringa, o tempo de confinamento das celebridades é menor que um mês. O Big Brother Celebrity, que terá início em 21 de janeiro, contará com outros nomes conhecidos e tão polêmicos quanto Lochte: Anthony Scaramucci, ex-diretor de comunicações da Casa Branca, Jonathan Bennett, do filme Meninas Malvadas, e a empresária Dina Lohan, mãe da atriz e cantora Lindsay Lohan.

Relembre o caso


Durante as Olimpíadas do Rio de Janeiro, em 2016, Ryan Lochte inventou que ele e outros dois nadadores americanos teriam sido assaltados após uma festa. No entanto, ao investigar a denúncia, a polícia descobriu que Lochte mentiu.

Imagens da câmera de segurança de um posto de combustíveis na Barra da Tijuca, zona oeste do Rio, mostraram que os nadadores, na verdade, depredaram um banheiro do estabelecimento e discutiram com os funcionários. Um segurança armado repreendeu os americanos e mandou que sentassem no chão.

O caso mudou de rumo e a Polícia Civil passou a investigar o nadador por falsa comunicação de crime. À época, o Ministério Público do Rio de Janeiro (MPRJ) sugeriu que o americano pagasse 70 mil reais em cestas básicas, mas a defesa de Lochte conseguiu um habeas corpus.
 
 

Os comentários não representam a opinião do jornal e são de responsabilidade do autor. As mensagens estão sujeitas a moderação prévia antes da publicação

Publicidade