Publicidade

Correio Braziliense

Embaixada da Rússia publica foto do Brics com Temer em vez de Bolsonaro

A foto mostra um encontro informal realizado entre os cinco países na China, em 2016, quando Michel Temer ainda era presidente


postado em 15/11/2019 15:55 / atualizado em 15/11/2019 15:57

A imagem também mostra o ex-presidente da África do Sul Jacob Zuma em vez do atual líder de Estado, Cyril Ramaphosa. (foto: Twitter/Reprodução)
A imagem também mostra o ex-presidente da África do Sul Jacob Zuma em vez do atual líder de Estado, Cyril Ramaphosa. (foto: Twitter/Reprodução)
A Embaixada da Rússia publicou no Twitter nesta sexta-feira (15/11) uma foto dos líderes do Brics em que aparecia o ex-presidente Michel Temer no lugar de Jair Bolsonaro. O erro não foi apenas com o Brasil: a imagem também mostra o ex-presidente da África do Sul Jacob Zuma em vez do atual líder de Estado, Cyril Ramaphosa. 

 

A imagem viralizou nas redes sociais quando os internautas perceberam o erro. Na legenda, a Embaixada repete uma frase do presidente russo Vladimir Putin, na qual ele diz que a Rússia "possui as tecnologias de geração de energia nuclear mais avançadas, ecológicas e limpas. Estamos prontos para expandir a cooperação com os países #BRICS em projetos nucleares mutuamente benefícios". A foto, porém, mostra um encontro informal realizado entre os cinco países na China, em 2016, quando Temer ainda era presidente.  

 

  

 

A 11ª Cúpula dos Brics — Brasil, Rússia, Índia, China e África do Sul — foi realizada em Brasília na quarta e quinta-feira (14/11). A reunião trouxe à capital federal os líderes dos outros quatro países para discutir questões políticas e econômicas entre as regiões. O tom da cúpula foi o incentivo a negócios entre os cinco. No fim do encontro, uma declaração assinada pelos países-membros do bloco abordou o respeito à questão climática, além de referências a desenvolvimento, combate à corrupção e crime organizado internacional. 

 

 

 

 

 


Os comentários não representam a opinião do jornal e são de responsabilidade do autor. As mensagens estão sujeitas a moderação prévia antes da publicação

Publicidade