Publicidade

Estado de Minas

Novo mandato de Dilma será de regular a péssimo para 53% dos eleitores


postado em 17/12/2014 12:04 / atualizado em 17/12/2014 11:13

Mais da metade dos eleitores acredita que o segundo mandato da presidente Dilma Rousseff vai ser regular, ruim ou péssimo. É o que mostra pesquisa Ibope, encomendada pela Confederação Nacional da Indústria (CNI) e divulgada nesta quarta-feira (17/12). Apenas 9% dos entrevistados estão convictos de que o próximo mandato será "ótimo" e 34% acreditam que vai ser "bom".

Foram entrevistadas 2.002 pessoas em 142 municípios, entre 5 e 8 de dezembro. A margem de erro é de dois pontos percentuais e o grau de confiança, 95%.

A pesquisa mostrou também que o governo Dilma Rousseff é aprovado por 40% dos eleitores. O percentual leva em consideração entrevistados que avaliaram a gestão como "ótima" ou "boa". O índice ficou estável, de acordo com a margem de erro de dois pontos percentuais, em relação ao último levantamento, divulgado em setembro, quando ela tinha 38% de aprovação.

“De fato, a presidenta Dilma tem expectativas menores para o segundo mandato do que quando ela entrou. Ela vai ter de começar um trabalho de recuperar essa popularidade”, Renato da Fonseca, gerente-executivo de Pesquisa e Competitividade da CNI. Ele comentou ainda que Dilma recebeu maior popularidade no começo dos primeiros anos principalmente pela herança dos governos do ex-presidente Lula, que saiu com altos índices de popularidade.

Como será o segundo mandato de Dilma?

9% - Ótimo
34% - Bom
25% - Regular
13% - Ruim
15% - Péssimo
4% - Não sabem ou não responderam

Os comentários não representam a opinião do jornal e são de responsabilidade do autor. As mensagens estão sujeitas a moderação prévia antes da publicação

Publicidade